Close Menu

Busque por Palavra Chave

Sem Hipocrisia | Família e o caos Covid-19

Por: Isac Casagrande
05/05/2020 15:03
Tamanho da fonte: A A
Piracanjuba - Desktop
Divulgação

Em regime de isolamento social, dada pelo momento em que estamos passando, as famílias que praticamente não se encontravam no dia a dia, em razão das várias atividades de cada um, passaram a ficar juntas por semanas inteiras. De repente, alguns membros dessa família se dão conta de que a criança cresceu, o adolescente se tornou um jovem adulto, veem algumas rugas no rosto dos pais, dos irmãos. Muitas dessas pessoas passavam umas pelas outras como se estivessem caminhando na rua ou em um corredor qualquer, sequer davam conta do que poderia estar acontecendo em casa. Quando eventualmente todos estavam em casa, eletrônicos, como televisão, celular, tablets, notebooks, concentravam cada familiar em um mundo isolado dentro da própria cabeça.

Infelizmente, com a determinação externa de isolamento preventivo para cuidar e garantir a vida, cada um de nós sentiu um solavanco, um sentimento de ausência e de presença ao mesmo tempo das pessoas que a vida nos deu, nossa família. De um lado essa situação trouxe de volta relacionamentos de contato, de carinho, de amor, por outro lado trouxe à tona as diferenças interpessoais. Surgindo discussões, em grande maioria devido ao stress de ficar tanto tempo juntos, e outras situações do cotidiano que neste momento se tornam potencializadas. Todos devemos contribuir para o ambiente familiar estar limpo, saudável, propício para poder trabalhar em casa, estudar e também se entreter. O mais importante nisso tudo é o diálogo, a tolerância e o respeito.

Se tratando de isolamento social e cuidados com o Covid-19, tenho a lhes dizer: Ficar em casa o máximo de tempo possível, sair somente quando necessário, ajudar os filhos a controlar a ansiedade de querer sair para brincar, existem muitas brincadeiras que podem ser feitas em família. Contato com amigos por redes sociais e chamadas de vídeo, deixar os encontros sociais para posterior. Usar álcool gel e lavar frequentemente as mãos, usar máscara e manter distância das pessoas.

Ajudar com o psicológico dos idosos também é de suma importância, a dificuldade de fazer entender o grau de importância do isolamento social e também a situação em que estamos vivendo é um desafio, mas não podemos apenas desistir. Força, foco e fé é o que mais precisamos neste momento. E somente todos nós juntos, somente assim, venceremos este caos em que o mundo está passando.


Sicoob 2018 - Home
Vederti Chapecó
Publicações Legais
Rech

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro