Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Opinião é para quem tem

Por: Marcos Schettini
10/05/2017 14:20

Debate feito na Assembleia, entre profissionais do meio, mostra o quanto é singular a manifestação, leitura de conjuntura que cada um tem e domina. Emitir um conhecimento. Se chegou a esta conclusão, é para poucos. Mais que isso, explanar um raciocínio deve ser sempre, no caminho contrário ao que os demais membros da sociedade deseja. Por que? Devido à elevação do debate que por trilhar a rota da fervura, sempre queima. Principalmente quando ela é de temas onde há fuga e indiferenças. A sociedade entendeu e por respeitar seus formadores de opiniões, dá a preferência por sua leitura obrigatória.

Memória

Zé Fritsch, ex-seminarista, anda colado ao livro que tem também suas digitais e que a Unochapecó, através do Ceom, elaborou o conjunto de sermões que Dom José, desaparecido, fez ao longo de sua pastoral e bravura contra as injustiças.

Criatura

Dom José sempre foi um quadro da Igreja ligado fortemente à Teologia de Libertação e que por isso, deu luz às candidaturas de Fritsch que, vencedor duas vezes em Chapecó, só foi derrubado por João Rodrigues. E mudou tudo.

Criação

Para quem não tem memória, foi Milton Sander, então candidato a prefeito que, mito, teria exagerado no que de fato, se confirmou depois na questão do Frigorífico Chapecó. Por isso e não mais, Zé Fritsch venceu aquele pleito.

Erro

Depois os mesmos criadores de Zé Fritsch, para arrebentar Milton Sander, ficou oito anos chorando pelo erro cometido de ter, por infantilidade demonstrada, derrotar Sander por ter dito o que não deveria e a história revelar.

Atraso

Depois disso, ficaram os mesmos eleitores de Fritsch afirmando que era hora de tirar o filho de Dom José Gomes da prefeitura porque Chapecó estava caminhando para trás. Tudo somou para que o município fosse derrotado.

Culpa

Da mesma maneira que Valdir Colatto tem que emitir uma Nota Oficial pedindo desculpas ao torcedor e ao cidadão de Chapecó, os que derrotaram Milton Sander fazer o mesmo. Erro custa caro para todos e agora é seguir em frente.

Amarelou

Valdir Colatto está irritado sobre sua derrota em relação a João Rodrigues na questão 15,6 milhões. Falando às esquinas, deverá dizer o que sabe e parar, definitivamente com o caso que, depende dele apenas, para zerar.

Fazer

Ninguém esconde que Valdir Colatto é um grande homem da agricultura. E se tem quem pode falar por conhecimento sobre o campo, é o deputado federal que se consagra por ser o único no país, a ter posse em defesa do agricultor.

Brucutu

Valdir Colatto, pela experiência que tem no meio público, já teria, por obrigação, a estar num patamar elevado de sua carreira. Se está aonde se encontra, patinando na Câmara Federal, é porque sua ambição precisa ser revista rapidamente.

Distante

Mais que sua exemplar atuação no setor do agronegócio, lugar que domina com absoluta competência de trabalho, Valdir Colatto está longe demais dos formadores de opiniões e por esta sangria que está vivendo, comprova a fria relação.

Cadê?

Não existe um só registro no meio empresarial que mostre a fina relação com o deputado Colatto, à exceção dos homens do meio, Lanznaster e Bet, seu DNA. Fora este traçado, Valdir colapsa. Tem dificuldade de ampliar o leque.

Explicação

À medida que não apresenta seus argumentos à sociedade da questão dos recursos da Chapecoense, Colatto isola-se ainda mais. Se tem o que dizer na sua versão, é preciso dar ela aos cidadãos e se livrar deste zinabre.

Falei

"Por que não me procurou para ouvir minha versão?
Valdir Colatto, deputado federal, dando continuidade à questão dos recursos da Chape, ao indagar que deveria ter sido escutado.

"Estamos nos dirigindo para Balneário Camboriú agora".
Altair Silva, deputado estadual, às pressas para um evento de calçado, setor em que ele de São João Batista, conhece bem por ser a Capital do produto em SC.

"Não sei de nada".
Valdir Crestani, secretário da Agricultura de Chapecó, sobre a articulação que está desenvolvendo no PSB, para que atenda aos pedidos para ser o novo presidente do partido.


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro