Close Menu

Busque por Palavra Chave

Espetáculo, pipoca e guaraná

Por: Marcos Schettini
12/05/2017 14:41 - Atualizado em 12/05/2017 14:42
(Foto: Divulgação/LÊ) (Foto: Divulgação/LÊ)

Não se pode ir ao cinema sem ter o que verdadeiramente, completa o divertimento. O que faltou em Curitiba são aqueles coquetéis molotov, bala de borracha, cassetete e black bloc. O melhor do dia, com aquela expectativa de enfrentamento, frustrou completamente. O que se imaginava era um enfrentamento claro de ideologias, uns com a placa de Lula e outros de Moro, às bofetadas, borrachadas e spray de pimenta misturada à fumaça de gás lacrimogêneo, que ardendo à beça nos olhos de todos eles, valesse todo o esforço dos que lá estiveram e aqueles que ficaram à tarde assistindo aos noticiários. Faltou a cereja do bolo. Não se faz mais confrontos de burgueses e proletários como antigamente. Marx e Malthus não entenderam nada.

Aparecendo

Dentro do PMDB, já há células que estão entendendo que o prefeito de Joinville vai roer a corda e não mergulhar no processo. Por isso, esquecido de todos, Dário Berger está se armando para dar um pulo. E se assumir, não foge da guerra.

Mais

O partido está cada dia mais motivado e entende que o rosto de Dário daria certo na mente do eleitor que derrotando Paulinho Bornhausen ao senado, fortaleceu a tese de que sem nunca perder uma eleição, esta seria mais uma.

Simpatia

Dário Berger utiliza-se de uma estratégia, que sua assessoria afirma ser seu melhor do cartão postal político, para atrair a atenção do eleitor carente de quem tenha ao menos, a capacidade de lhe oferecer atenção e rosto de inocente.

Mexida

Eduardo Moreira trabalha com a hipótese de manutenção do nome de Udo para o jogo com objetivo de neutralizar Mauro Mariani, um deputado aguerrido e presidente do PMDB de SC. Se deixar livre, o deputado federal ocupa tudo.

Resposta

O objetivo de Eduardo Moreira é de fato garantir que, enquanto Udo e Mariani se enfrentem em um encaminhamento, ele tenha fôlego para correr sem atrapalhos. A entrada de Dário Berger no jogo tem as digitais do presidente do PMDB.

Jogada

Enquanto Mariani fica neste jogo sem reposta de Udo, Eduardo ficaria à sombra de Dário e ampliaria suas chances. Se Pinho Moreira tem no prefeito de Joinville a pedra no sapato de Mauro, o deputado federal vê o mesmo efeito de Berger no vice.

Livre

Como Paulo Bauer em 2014, Berger não teria nada a perder em disputar o pleito do ano que vem. Não somente projeta seu nome como, com um arsenal financeiro forte, mergulha para vencer o pleito à moda Phelps.

Nada

O depoimento de Lula da Silva ontem em Curitiba, como se esperava foi normal. Como chegou, saiu. O juiz que aparece nas pesquisas, depois do show de vídeos nas redes sociais e se colocar como único, agora pode disputar.

Demonstração

Mais que perguntas e respostas, foi um circo para os grupos de apoio aos dois personagens que cada um à moda preparada, tirou seus melhores dividendos. Bom mesmo era os dois se enfrentarem nas urnas. Ou Moro vai correr?

Provar

O juiz de Curitiba deveria de fato, atender aos apelos de seus eleitores e disputar a eleição. Tem beleza, é ético, firme, de posição e amado pelo povo. Deveria mostrar isso nas urnas e democraticamente, chegar ao comando do país.

Direito

Como tem investido forte nas redes sociais, típico de um candidato que precisa dizer uma mensagem ao povo brasileiro, disputar a eleição para presidente é uma resposta de respeito a estes apelos. Pop star ele já é. Falta provar isso.

Blá

Prender Lula da Silva é fazer dele um mártir e gerar um debate nacional, que Sérgio Moro não tem pulso para mostrar. As falácias são os melhores deste espetáculo de atores, que cada um à sua moda, quer tirar o melhor dividendo.

Falei

"Estamos aqui para fazer nosso dever diante do cidadão".

Rodrigo Minotto, deputado estadual, sobre a atuação parlamentar e a relação com o povo de SC.

"Estamos aqui".

Luciane Carminatti, deputada estadual, fazendo coro em defesa de Lula da Silva na chamada República de Curitiba.

"Fomos o último estado a entrar e primeiro a sair".

Carlos Chiodini, deputado estadual e secretário de Desenvolvimento Sustentável, falando que SC está saindo da crise econômica.


Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro