Lê Notícias - - Artigo | O que traremos de 2020?
Close Menu

Busque por Palavra Chave

Artigo | O que traremos de 2020?

Por: LÊ NOTÍCIAS
05/01/2021 10:04

*Por Fernando da Silva Comin

O ano de 2020 ficará para sempre marcado na história da humanidade e de todos nós. Ressalvadas as grandes guerras, nenhum outro fenômeno da idade contemporânea suplantou os limites de fronteiras, costumes e grau de desenvolvimento das nações para nos atingir e nos testar na humanidade comum que a todos identifica. A pandemia do novo coronavírus se impôs até aqui, logo em seu nascedouro, como o maior desafio deste século.

Nos últimos meses fomos testados como pessoas, como nação, como instituições e como Estado. Fomos testados na ciência, na saúde, na economia, na política, nas comunicações e na própria forma de ser da sociedade contemporânea. Tivemos que pensar e implementar soluções para problemas nunca antes vividos. Infelizmente muitas vidas foram perdidas e as medidas de prevenção e de controle da pandemia continuam sendo essenciais para evitar o aumento de mortes por essa doença que atinge a todos.

Tivemos que nos adaptar rapidamente a um novo mundo, gerenciando ansiedades, enfrentando desafios e buscando as melhores decisões em defesa da saúde, com critérios e parâmetros técnicos, mas sem esquecer da manutenção da economia, com regras sanitárias que permitissem o funcionamento da indústria e do comércio. E aquilo que, para alguns, parecia um objetivo inatingível, foi alcançado: Santa Catarina terminou o ano de 2020 com a retomada do crescimento econômico, o que significa que é possível alcançar o equilíbrio entre a saúde e a economia, sem reducionismos políticos e ideológicos de qualquer natureza.

Assim como as famílias e as pessoas, também o Ministério Público teve que se adaptar, adotando estratégias inovadoras de atuação institucional para gerar resultados sociais e valendo-se da tecnologia para buscar uma maior aproximação com o cidadão, num ambiente em que o isolamento social que se mostrou tão importante para o controle do vírus acabou gerando efeitos colaterais na vida das pessoas, como a ansiedade, a depressão, o desemprego, a violência contra a mulher, as violações aos direitos de crianças, adolescentes e idosos.

Fomos todos testados e temos a possibilidade de sairmos mais fortes da pandemia, mas nada do que foi vivido e aprendido, nem mesmo a perda de familiares e entes queridos, terá algum significado se não nos tornarmos, no aspecto humano, mais sensíveis ao sofrimento e às dificuldades alheias. E para tanto, não há vacina ou remédio prescrito; é preciso reafirmarmos o compromisso humanitário de solidariedade em cada escolha deste ano de 2021.

*Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC)


Governo de SC
Prefeitura de Chapecó
Semasa Itajaí
PALHOÇA
Unochapecó
Prefeitura Floripa Junho
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro