Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Vieses e consensos | Invasão do Capitólio: cadeia nesses va-ga-bun-dos!!!

Por: Ralf Zimmer Junior
07/01/2021 10:24
Divulgação

Há alguns anos no Brasil se criou movimento contra o voto eletrônico ao argumento de ser manipulável em prol “das esquerdas” por ser segundo essa teoria o “chip venezuelano”.

Em suma, havia certo movimento, notadamente em nichos de extrema-direita, pela volta do voto impresso.

Pois bem, nos EUA o voto é impresso e o povo norte-americano mandou para casa o fanfarrão que beira à delinquência que chama pelo nome de Donald Trump.

Beirava à delinquência, melhor dizendo. A invasão de seus apoiadores ao Congresso nesta quarta-feira é ato de bandido, canalha da pior espécie. Va-ga-bun-dos!!!

Conviver com o outro, com o diferente, e aceitar o resultado das urnas é o básico da civilização. Opor-se com violência a isso é ser bandido, criminoso e merece punição na seara criminal por evidente.

O Brasil corre risco semelhante em sua novel democracia embalada por fake news, desinformação é fanatismo febris a personalidades que se mantiverem postura “imbelicilizante” como de Trump bem podem (embora não deveriam) jogar contra a democracia à lá faroeste proto-trumpista em caso de eventual derrota em 2022. Não nos surpreenderia. Os toscos, não tem postura mínima civilizatória, o que virá uma bomba relógio quando somada ao mau caratismo manipulador de massas não menos “imbecilizadas”, o que no Brasil é mato.

Não se trata ser de esquerda, direita ou centro. Trata-se de ter decência mínima de aceitar o que é natural na vida democrática: nem sempre se ganha, e quando se perde é devido respeito ao resultado e ao vencedor, sem isso o retorno à barbárie é inescapável.

Invasores do Congresso norte-americano: cadeia nesses va-ga-bun-dos!!!!


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro