Close Menu

Busque por Palavra Chave

Transparência Criciúma

COVID-19

Índio da Aldeia Kondá é o primeiro a ser vacinado em Chapecó

Por: LÊ NOTÍCIAS
19/01/2021 20:24
Prefeitura de Chapecó Prefeito João Rodrigues conversa com o primeiro vacinado Samuel Renhko Farias Candido Prefeito João Rodrigues conversa com o primeiro vacinado Samuel Renhko Farias Candido

Duas profissionais da área da saúde e o vice-cacique da Aldeia Kondá foram as três primeiras pessoas a tomarem a vacina contra a Covid-19, em Chapecó, em ato realizado na tarde desta terça-feira, no auditório da prefeitura de Chapecó.

O momento era tão importante que até a auxiliar de enfermagem a secretaria de Saúde, Ângela Maria Sartor, com 48 anos e 19 anos de experiência em vacinação, teve um certo nervosismo.

“É uma emoção e uma alegria. Parecia que eu estava aplicando minhas três primeiras vacinas. O último ano foi difícil, mas agora podemos fazer a prevenção contra a doença”, disse.

O primeiro a ser vacinado foi o vice-cacique Samuel Renhko Farias Candido.

“Foi tranquilo. É um privilégio para o povo indígena receber essa proteção contra a doença”, explicou. Em Chapecó são 1.156 doses para as aldeias Kondá e Toldo Chimbangue, o que é suficiente para imunizar toda a população acima de 18 anos.

A segunda a ser vacinada foi a técnica em enfermagem Júlia Copetti, 50 anos, que há 18 anos trabalha no Hospital Regional do Oeste. Desde abril está trabalhando na UTI Covid do hospital.

“Sinto uma gratidão enorme por ter sido escolhida. Muita gente ainda tem medo da vacina mas eu sinto gratidão. Espero que tudo dê certo”, declarou.

A terceira a receber a vacina foi a auxiliar de enfermagem do Ambulatório de Campanha da Efapi, Débora Almeida, 37 anos, que atende pacientes com suspeita de Covid.

“É um privilégio receber a vacina. A gente vê tanta gente sofrendo, algumas morrendo, e agora vem a vacina. A gente sempre cuidou, mas agora pode trabalhar e atender a população com mais segurança”, explicou.

As 3.367 doses de vacina que vieram para Chapecó, serão suficientes para a população indígena, para 29 pessoas do Centro de Convivência do Idoso e os profissionais que atuam nos setores de Covid dos hospitais e dos ambulatórios.

De acordo com o Gerente de Vigilância da secretaria de Saúde, Rodrigo Momoli, esta é a primeira dose e, dento de 14 a 28 dias virá a segunda dose, que já foi reservada pela secretaria de Saúde do Estado.

A vacinação nos hospitais iniciou ainda nesta terça-feira. A vacinação dos profissionais de saúde dos ambulatórios municipais, indígenas e no Centro de Convivência do Idoso inicia somente nesta quarta-feira.

A secretaria de Saúde também aguarda a vinda de mais doses de vacina para dar sequência na vacinação dos profissionais de saúde e idosos acima de 75 anos, que estão no grupo de 16 mil chapecoenses da primeira fase.

O prefeito de Chapecó, João Rodrigues, agradeceu a vinda das primeiras doses da vacina que veio gratuitamente do Governo Federal.

“É um momento histórico. Nesta caixinha está a esperança de vida. Ainda vai demorar um pouco para imunizar mais pessoas. Rogo que outras vacinas também sejam liberadas o quanto antes”, disse o prefeito.

Ele também aguarda a liberação da vacina russa Sputnik para ampliar a imunização em Chapecó e retomar a normalidade o quanto antes.


Outras Notícias
Transparência Criciúma 2
Anúncio Radial 2
Palhoça Parques
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro