Close Menu

Busque por Palavra Chave

Pandemia diminui em 70% passageiros de transporte coletivo em Chapecó

Por: LÊ NOTÍCIAS
25/01/2021 11:01 - Atualizado em 25/01/2021 11:06
Extra Comunica Terminal Urbano ficou vazio com a redução da quantidade de passageiros Terminal Urbano ficou vazio com a redução da quantidade de passageiros

A pandemia do coronavírus levou à diminuição de usuários do transporte coletivo urbano em Chapecó em índice que supera os 70%. Conforme dados divulgados pela Auto Viação Chapecó, a redução entre 2019 e o ano passado chegou a 71,1%. Em 2020 foram transportados 3,8 milhões de passageiros, enquanto em 2019 foram 13,2 milhões, o que representa 9,4 milhões de usuários a menos.

Nos dois primeiros meses do ano passado, dentro da normalidade, a média de passageiros foi de 1 milhão e 2 mil, mas caiu nos outros 10 meses para 181 mil usuários. O mês de maior movimento foi fevereiro, com 1 milhão e 40 mil passageiros e o menor fluxo foi em junho, com 24 mil, mas em maio não ocorreu a prestação dos serviços de transporte urbano em vista do lockdown estabelecido na legislação estadual.

Do total de 3.822.741 passageiros transportados em 2020, as gratuidades, representadas por idosos com mais de 60 anos, portadores de necessidades especiais e acompanhantes, integração com dois trajetos e pela redução de custo para estudantes, chegaram a 23,5%. Ou seja, o equivalente a 899 mil passageiros não pagaram pelo transporte, custo esse que, no cálculo da tarifa, recai sobre os pagantes.

A linha com maior movimento no ano passado foi a Tomazelli, com 1 milhão 316 mil passageiros, enquanto em 2019 o número chegou a 4 milhões 269 mil usuários, uma diferença de 69,1%. A segunda linha com maior quantidade foi a que serve o Bairro Seminário e localidades próximas, com 279 mil passageiros, seguindo-se a Cristo Rei, com 274 mil.

ENCARGOS MANTIDOS

Além da forte redução no volume de passageiros transportados, o diretor de Negócios da Auto Viação Chapecó, João Carlos Scopel Filho, assinala que a empresa não reduziu a estrutura. Argumenta que, em função da instabilidade na ocorrência de casos de coronavírus e a consequente adequação das normas para o transporte, toda a capacidade de transporte teve que ser mantida para as 24 linhas que a empresa atende na cidade e localidades próximas, como Colônia Cella e Marechal Bormann. Isso significa, também, a capacidade reduzida para 50% em cada ônibus, que foi ampliada em dezembro para 70%.


Outras Notícias
Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro