Close Menu

Busque por Palavra Chave

Cesar Abreu vai ao STF; Rodrigo Fachini forte; Coelho de olho no Oeste; Topázio afinou; Chiodini na presidência; Orvino e Adeliana olham 2022

Por: Marcos Schettini
26/01/2021 14:09
Divulgação

O projeto político de São José

Adeliana Dal Pont está desenhada para disputar uma cadeira para deputada estadual e vai construir esta chegada. Orvino Coelho de Ávila, então desacreditado pela sequência de décadas de mandato como vereador, assumiu a sucessão em um desafio que, olhando 2018, colocava dúvida sobre este alcance. A renovação que tirou pesos importantes naquela eleição, jogou incertezas nas municipais. Mesmo assim, ao lado de competências como Fernando Verdini e Gervásio Silva, venceu o pleito demonstrando sua experiência pública como prova de índole e capacidade. Agora, com a bússola em direção àquela proporcional, o prefeito de São José devolve na mesma confiança e gratidão. A ex-prefeita quer ir para a Alesc e tem história para construir nesta intenção. Dal Pont trabalhou para Marlene Fengler em 2018. Agora, cada uma por si.


IMPRESSIONANTE

A magistrada tem agido de modo preestabelecido para impor um grande constrangimento sobre Alesc. Tem que vá afirmar que o ato da presidência é infinitamente maior pairando no Poder Legislativo. Mas não se discute o mérito.


PODER

As investidas da juíza na pessoa do presidente da Casa, pode ser dito o contrário, é pessoal e a pedido até prova em contrário. Como é protegida pela intocável toga que lhe cobre os ombros, ficam todos os questionamentos intransponíveis diante desta mureta.


CHÁ

O caminho para contrapor a estas investidas, é acima. Bater na porta do 2° andar e bebericar um composto de melissa enquanto aguarda. A iniciativa do advogado Cesar Abreu de entrar no STF, justifica-se pela indiferença.


GRANDEZA

Quem saiu forte do processo eleitoral em Joinville foi o vice na chapa de Darci de Matos. Rodrigo Fachini poderia ter disputado um novo mandato para vereador, mas matou esta certeza em favor da dúvida eleitoral do ano passado e já olha 2022 como busca pela Alesc.


CIDADÃO

Rodrigo Fachini tem várias qualidades que marcam sua determinação pública. Delas, um bom ouvinte, palavra e simplicidade. Tem altura suficiente para assumir qualquer espaço público e responder com dinamismo. Um desperdício de talento e disposição pública.


ESQUEÇA

O prefeito de Joinville entrou naquela escolha de pinçar para seu governo o chamado quadro com meritocracia. Nada de novo, era só o que faltava escolher por incompetenciacracia. Até porque seu governo, e do Udo, não difere em cacoetes.


ESPÍRITO

Mesmo diante de toda a reclamação do governo Udo, o empresariado sempre garantiu a velocidade econômica da cidade. É, proporcionalmente falando, como um Paulo Guedes da vida. A economia vai bem no Brasil e ele não tem nada a ver com isso.


ELE

Topazio Silveira Neto saiu às buscas de ser um vice atuante e, já nestes primeiros dias de governo, assinou uma postura discreta ao lado do titular. Conseguiu deixar sua marca de necessidade quando assim for chamado, como uma luva para Gean Loureiro.


CRESCIMENTO

Ex-comandante do 2° BPM em Chapecó e transferido para o comando da região de Blumenau, Cel. Ricardo Alves foi convidado a ser Chefe da Casa Militar na Alesc se confirmada a eleição do deputado Mauro De Nadal no comando da Mesa. O ulyssista olha o militar como seu parceiro de trabalho.


ENTÃO

Moacir da Silva, que ficou em 3° na corrida pela Prefeitura de São José, vai disputar a eleição para deputado estadual. Mostrou força política dentro do debate e começa a correr em busca desta edificação. Se Ana Paula da Silva olhar para Brasília, ele casa na chapa.


FURADA

Fernando Anselmo está silencioso depois do processo eleitoral. O PSL deve uma lista de explicações não cumpridas durante o pleito e não recebeu qualquer manifestação de Fábio Schiochet, presidente estadual da sigla. O empresário deverá desembarcar do partido.


CAMPEÃO

Animado, Carlos Chiodini, candidatíssimo a presidente do MDB, está se dedicando na eleição de Baleia Rossi para presidente da Câmara dos Deputados. Depois, vai correr SC para imprimir suas intenções de liderar os ulyssistas em direção ao pleito de 2022.


DUPLA

Rodrigo Coelho e seu parceiro, ex-vereador, ex-deputado estadual e advogado Dr. João Norberto Coelho Neto, correram todos os municípios do litoral para escutar demandas dos prefeitos, vices e vereadores para levar a Brasília. Como deu atenção do mandato ao Oeste, já tem visitas a vários prefeitos.



Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Prefeitura de Palhoça - IPTU
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro