Close Menu

Busque por Palavra Chave

Politicagem não dá; Progressistas amarrados; MDB casado com Moisés se reúnem; Vampiro e Cobalchini 2022; Vacinação é a arma

Por: Marcos Schettini
17/02/2021 13:06 - Atualizado em 17/02/2021 13:35
Dóia Cercal/Secom

A única arma é a vacina

Como não tem disponível, a Confederação Nacional dos Municípios pede a cabeça daquele patético ministro da Saúde que envergonha o Exército, médicos, enfermeiros, cientistas, prefeitos, vereadores e pessoas inteligentes. Só não convence os deputados da bancada federal que falam o que sabem, mas não sabem o que falam. Só vai salvar a população, com velocidade que se busca, com a unidade entre ciência e a imunização. Quando prefeitos não aguentam mais aquele ventríloquo à frente do Ministério mais importante destes tempos de escuridão, é porque chegou no limite. Como foi dito na semana passada, não adiante a OAB, Executivo, Legislativo e Judiciário, entidades federativas e parlamentares falarem isoladamente. O grito tem que ser único em favor da salvação de vidas. Pessoas estão morrendo e os rosquinhas açucarados falam em armar a sociedade. Esta célula de contaminação não quer saber de absolutamente nada. A palavra é vacinação.


SOCORRO

Se as medidas racionais, e não estúpidas como foram tomadas, tivessem sido levadas a sério em Chapecó, todo este caos não estaria imperando. O governador está sensível, abriu completamente as medidas de combate que, sabe-se, estava sob controle.


BLÁ

Morrendo pessoas, famílias chorando, caos total. Demagogia das mais baratas, politicagem e muita cena que, para aqueles que perderam pessoas, não muda absolutamente nada. Chapecó se tornou uma vergonha que poderia ter sido evitada.


POLITICAGEM

Vários empresários e lideranças se manifestaram sobre o assunto, interagindo com a coluna de ontem. Engana-se aqueles que querem fazer barulhinhos para tirar dividendos no choro alheio. Quando o diálogo é para piorar, dá certo.


RESPEITO

Gean Loureiro toma medidas baseadas em leituras de cientistas, médicos e enfermeiros. Não dá passo no escuro porque sabe que, ao decidir por si, coloca o vírus assassino mandando duplamente. Nenhum sistema econômico está acima da vida. É esta a principal bandeira.


ELES

Quando Antonio Plínio de Castro assume o comando da Cidasc, firma os passos para o projeto político de sua ida a Brasília no ano que vem. Altair Silva na Agricultura e o ex-prefeito de São José do Cedro casam ações para que ambos tenham produção de resultados no campo e nas urnas.


OCUPAÇÃO

Altair Silva e Plínio de Castro vão na linha de Hugo Biehl e Odacir Zonta. O secretário da Agricultura e o presidente da Cidasc vão correr todo o Estado e fazer ações em conjunto. O ex-prefeito de São José do Cedro coordenou a campanha a deputado estadual do parlamentar de Chapecó.


FULMINANTE

Luiz Fernando Vampiro vai fazer uma gestão na Educação nunca visto. O deputado estadual é um quadro que olha Brasília e deverá fazer uma campanha de sucesso. Jovem, inteligente e determinado, o ulyssista sabe trilhar o caminho para construir este passaporte nas urnas.


TAMBÉM

Valdir Cobalchini elegeu o filho para vereador de Florianópolis mostrando sua força política para, como Luiz Fernando Vampiro, ir para Brasília. O deputado estadual entra no vácuo de Celso Maldaner que quer trocar a Câmara pelo Senado.


ENFRENTAMENTO

Vai chegar o momento em que Celso Maldaner e Dário Berger vão se confrontar novamente. E pode começar na próxima reunião ulyssista no hotel Castelmar, em Florianópolis. Além das discussões, a convenção e as prévias de setembro para escolha do nome em 2022.


CASADOS

O MDB, com a entrada do deputado Jerry Comper na Defesa Civil, comanda boa parte do Governo Moisés. Além da Fazenda de Paulo Eli, a Educação de Vampiro. Fica em dívida aberta com o inquilino d’Agronômica. Se for à reeleição, o partido de LHS vai de arrasto.


ELE

Carlos Chiodini chega às discussões do MDB na próxima segunda com nome para presidir o partido. Os ulyssistas vão discutir tudo, inclusive. Neste caso, o deputado federal vai escutar muito e falar pouco. Sabe-se que, se não levar o comando da sigla, vai para o Podemos.


BRUTAL

Antídio Lunelli e o vice Jair Franzner não se assustam com os adversários quando o cenário é recursos. Empresários bem-sucedidos, o que desincompatibilizar para disputar, chega a granel. O que fica para dar continuidade ao governo, idem. Ali não falta nada.


CHORUME

Aquele patético Daniel Silveira, que gravou um vídeo chamando os ministros do STF com palavras impublicáveis, é um troglodita ferido na pata. Animal irracional, mostra bem os tempos em que o Brasil vive. Não precisava o deputado Daniel Freitas, que preside a Frente Parlamentar, defender aquele pus.





Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Governo do Estado - Juntos somos mais fortes
Prefeitura de Palhoça - IPTU
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro