Close Menu

Busque por Palavra Chave

Faesc cita demandas do setor em reunião com secretário de Estado da Agricultura

Por: LÊ NOTÍCIAS
02/03/2021 10:29
MB Comunicação Reunião on-line aproximou o setor produtivo da Pasta Reunião on-line aproximou o setor produtivo da Pasta

A diretoria da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc) coordenou nesta segunda-feira (1º) encontro virtual com o secretário da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural de Santa Catarina, deputado Altair Silva. A reunião on-line teve participação do presidente José Zeferino Pedrozo, vice-presidentes Enori Barbieri (Executivo), Antônio Marcos Pagani de Souza (Finanças) e João Francisco de Mattos (Secretaria), além dos sete vice-presidentes regionais no Estado, do membro do Conselho Fiscal, Arny Mohr, e do superintendente do Senar/SC, Gilmar Zanluchi.

No comando da reunião, o presidente José Zeferino Pedrozo agradeceu a abertura e o esforço do secretário em atender as demandas do setor produtivo no Estado e disse contar com o apoio de Silva para promover melhorias no campo. “Sabemos da sua liderança e do seu conhecimento no agronegócio e já contamos com sua parceria importante”, destacou Pedrozo.

Os dirigentes regionais da Faesc solicitaram apoio do secretário em temas essenciais para aumento da produtividade e maior desenvolvimento do setor: liberação das feiras e leilões virtuais no Estado; combate à cigarrinha que está causando muitos prejuízos nas lavouras de milho; controle mais efetivo dos javalis e liberação do transporte das carcaças; não cobrança da outorga de água aos produtores com a instalação de novas bacias hidrográficas; combate mais eficiente ao roubo de gado nas propriedades (Abigeato); renovação do convênio 100/97; melhorias nas cadeias de leite, cebola e tabaco, além da ampliação do acesso à internet no campo.

Altair Silva confirmou a realização a partir deste mês no Estado das feiras e leilões virtuais, com aval e apoio da Companhia Inteafegrada de Desenvolvimento Agrícola (Cidasc) e da Polícia Militar. Silva também destacou que a área técnica do Governo (Epagri) estuda medidas para maior controle e redução dos prejuízos causados pela cigarrinha na produção de milho. Os produtores relataram que as perdas já alcançam 70% da produção em algumas regiões.

“Sabemos que a demanda por milho é grande no Estado e não podemos perder produção. O maior incentivo ao cultivo dos grãos de inverno lançado em fevereiro é uma das estratégias do Governo para suprir o setor. Os técnicos da Epagri estão trabalhando intensamente neste sentido”, enfatizou o secretário.

Silva deixou claro que o Governo catarinense é favorável à prorrogação das isenções fiscais ao setor, atribuídas pelo convênio 100/97. A pauta será votada ainda em março pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Outro compromisso assumido pelo secretário é maior agilidade na concessão de licenças ambientais.

“Trabalhar de forma ágil e integrada é o melhor que podemos fazer pelo setor. Contamos com a expertise e a contribuição da Faesc e do Senar no Estado e agradecemos esse reforço importante”, sublinhou.

Além de liderar os produtores rurais, a Faesc tem representação em outros 67 órgãos e comissões estaduais - 22 em nível nacional - para debater questões importantes das atividades agropecuárias.


Outras Notícias
Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro