Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Após 14 dias de lockdown parcial, Chapecó irá seguir medidas de decreto estadual

Por: LÊ NOTÍCIAS
05/03/2021 10:35 - Atualizado em 05/03/2021 10:36
Prefeitura de Chapecó Em live, prefeito João Rodrigues apresentou um panorama das ações que darão mais fôlego aos hospitais Em live, prefeito João Rodrigues apresentou um panorama das ações que darão mais fôlego aos hospitais

Depois de 14 dias só com as atividades essenciais funcionando, a partir da próxima semana Chapecó passa seguir o decreto estadual. A medida foi anunciada nesta quinta-feira (04) em transmissão pelas redes sociais de Prefeitura de Chapecó, pelo prefeito João Rodrigues, o secretário de Governo, Thiago Etges, e a secretária de Educação, Astrit Tozzo.

“Fizemos 14 dias de lockdown parcial, que foi o recomendado pelos médicos para poder frear o contágio. Também trabalhamos bastante para ampliar os leitos, com 75 leitos de enfermaria no Centro de Eventos e mais 20 semi-intensivos, que será UTI de Passagem. Tivemos o apoio do Governo Federal e do Governo estadual, mas é o município que está bancando os recursos. Além disso o Hospital Regional do Oeste, que tinha 35 leitos de UTI, vai a 106 leitos. Agora vamos retomar algumas atividades, mas mantendo algumas restrições”, disse o prefeito.

O secretário de Governo Thiago Etges, lembrou que o decreto estadual 1168, do Governo do Estado, mantém a proibição do funcionamento de casas noturnas, mas permite a retomada de várias atividades, como o comércio, além de alguns serviços com restrições.

Cinemas, cultos bares e eventos sociais tem limite de 25% de ocupação. Academias podem funcionar das 6h às 21h59.

“Vamos seguir o decreto 1168, com alguns ajustes. O futebol profissional está com os jogos proibidos, mas o futebol amador, recreativo, pode ser retomado, menos nos sábados e domingos. Bares e restaurantes podem funcionar até 22h. A partir das 22h vamos manter o toque de recolher. Também vamos manter a proibição de consumo de bebidas alcoólicas nas vias públicas”, disse Etges.

A secretária da Educação, Astrit Tozzo, anunciou a volta às aulas presencias. “Vamos retomar na forma híbrida, sendo 50% em casa, 50% na escola. Os pais não são obrigados a mandarem seus filhos para a escola”, explicou. Ela também anunciou a segunda chamada para contratação de ACTs. Os professores aprovados serão chamados via e-mail.

As medidas foram anunciadas após reunião do Comitê de Enfrentamento à Covid.

Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro