Close Menu

Busque por Palavra Chave

Sarau Nuvem Colona lança suplemento com poesias sobre Chapecó

Por: LÊ NOTÍCIAS
09/03/2021 09:38 - Atualizado em 09/03/2021 09:42
Divulgação Produtora cultural e poeta Alice Souto com exemplar do suplemento Produtora cultural e poeta Alice Souto com exemplar do suplemento

Os versos soltos viraram poesia e agora compõem o novo suplemento literário produzido pelo projeto Sarau Nuvem Colona. No domingo (14), será lançado o material impresso com textos dos poetas locais que participaram do I Curso de Criação e Perfomance Literária, realizado pelas produtoras culturais Alice Souto e Joana Golin. O encontro marca o encerramento do projeto e será online, via Google Meet, às 19h.

O suplemento é resultado de oito oficinas, que totalizaram 32 horas/aula, quando se debateu técnicas de criação e de apresentação oral. O material impresso será distribuído gratuitamente em Chapecó para facilitar o acesso da comunidade às produções locais. “A partir do lançamento do primeiro número deste suplemento esperamos seguir adiante com sua comercialização apostando no caráter multiplicador e sustentável desta proposta”, explica Alice.

O curso também resultou em um mini-documentário que pode ser acessado no YouTube no canal Sarau Nuvem Colona. A produtora cultural comemora o saldo positivo: “reunimos pessoas que gostam de escrever, gostam de literatura, tanto poesia como prosa, e puderam compartilhar vivências e sentimentos num momento tão importante como a pandemia”. Para Alice, “o projeto cumpriu com a proposta de fomentar a produção literária focando na região e atingimos isso com uma excelente qualidade. A confirmação é o suplemento, um material permanente com textos ricos, e também o mini-documentário. Além disso, o curso proporcionou a formação de um coletivo de escritores que permanece conectado”.

Ibriela Bianca Berlanda Sevilla é professora e doutora em literatura, integra um coletivo de mulheres poetas, a Abrasabarca. Desde 2015, entrou no mundo da poesia autoral e hoje soma dois livros publicados junto ao coletivo. “Ensino inglês, mas o que amo mesmo ensinar e aprender é literatura e, digamos assim, sou especialista em poesia, sou melhor leitora de poesia do que outros gêneros”.

Ela participou do I Curso de Criação e Perfomance Literária. “O fazer poético tem muito a ver com diálogos com outros e outras poetas, a troca de ideias, de experiências com a vida e com a linguagem e foi por isso que decidi participar. Foi uma oportunidade de saber como pessoas tão diferentes veem a poesia, o que são os versos para elas, o quanto elas se colocam no que escrevem, o quanto os convidados para as oficinas se dispuseram a compartilhar conosco. Para mim, os encontros foram ricos nessas trocas sobre poesia e sobre pensar e conceber nossa cidade dentro do discurso poético”, afirma.

Suplemento literário do Sarau Nuvem Colona (Foto: Divulgação)

As oficinas tiveram como foco incentivar o sentimento de pertencimento à cidade para que os autores possam escrever sobre seu cotidiano e sobre seu local. “A cidade é plural e multicultural e o projeto revela e valoriza novos talentos locais e ressignifica o sentimento de identidade regional”. Dessa forma, o curso também contribuiu como estímulo à literatura regional em que os escritos abordam diferentes olhares sobre o tema. “É importante que as pessoas se sintam pertencentes, enxerguem a poesia no seu dia a dia, valorizem o vocabulário, o vestuário, as ruas da sua realidade”, reitera Alice.

EDITAL PÚBLICO

O projeto foi selecionado pelo Edital Municipal de Fomento e Circulação das Linguagens Artísticas de Chapecó 2020 realizado pela Secretaria de Cultura da prefeitura municipal de Chapecó, que permitiu que artistas produzam conteúdo gratuito e acessível ao público ao mesmo tempo em que os profissionais de diferentes áreas da economia criativa obtêm renda e viabilizam os trabalhos.

Joana argumenta: os editais permitem estruturar e viabilizar financeiramente produções que já acontecem de forma independente. “É por meio do incentivo público que podemos contratar profissionais e, dessa forma, criar um diálogo entre diferentes áreas. Isso possibilita a criação de espaços, de projetos, de novos produtos culturais e, consequentemente, do movimento da economia criativa”, explica.


Outras Notícias
Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro