Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Entrevista | Mauro de Nadal toma duras medidas e reduz número de servidores na Alesc

Por: Marcos Schettini
18/03/2021 18:26
Solon Soares/Agência AL

Há cerca de 45 dias presidindo a Assembleia Legislativa de Santa Catarina, o deputado estadual Mauro de Nadal (MDB) tem impresso seu estilo e realizado mudanças na Casa, diminuindo o quadro de servidores, afirmando que o objetivo é tornar o Parlamento catarinense mais digital.

Em entrevista exclusiva ao jornalista Marcos Schettini, o parlamentar afirmou que as mudanças são naturais. Ainda, comentou das dificuldades vividas neste momento grave da pandemia e deu um panorama dos posicionamentos dentro do MDB sobre vacinação e lockdown. Confira:


Marcos Schettini: Como foi a reunião de ontem dos governadores?

Mauro de Nadal: A conversa foi restrita a eles.

Schettini: De que valeu este encontro?

Nadal: Vejo como um encontro importantíssimo para alinhar e harmonizar os encaminhamentos para enfrentamento ao Covid 19. Todos estamos no mesmo barco e vivendo as mesmas dificuldades quanto a colocação de novos leitos, insumos, profissionais da área médica e restrições. Cooperação nesse momento é a palavra de ordem.


Schettini: A pandemia está matando a granel. O que precisa ser feito agora, neste exato momento?

Nadal: Garantir as condições para atendimento dos pacientes e buscar compreensão da sociedade para os cuidados necessários no intuito de diminuir o contágio.


Schettini: O Sr. tomou medidas duras na pandemia dentro da Alesc. Quais foram?

Nadal: Redução do número de servidores em gabinetes e criação de escala de trabalho. Proibições de atendimento público presencial. Realização de sessões mistas - presencial/virtual.

Schettini: Quem está certo e errado na questão do lockdown?

Nadal: Difícil de dizer quem está certo ou errado. Entendo que as pessoas precisam trabalhar. Não aglomerando, obedecendo o distanciamento social e as normas de higienização, todos podemos continuar produzindo e levando alimentos para as famílias.


Schettini: Houve uma forte modificação na administração da Casa. O que o Sr. adotou para acelerar os trabalhos?

Nadal: Muito natural as modificações, pois é uma nova mesa diretora. Também natural que junto às mudanças tenhamos continuidade de trabalho e também um novo jeito de fazer. Estamos trabalhando no objetivo de tornar a Alesc mais digital.

Schettini: Os deputados estão afinados em qual linha para oferecer mais atenção ao cidadão?

Nadal: A atenção ao cidadão é algo muito presente na vida dos parlamentares. Nesse momento todos estão focados no enfrentamento a pandemia.


Schettini: Qual o clima vivido hoje dentro do MDB sobre temas como lockdown, vacinação e 2022?

Nadal: Quanto ao lockdown, existe, como em todos partidos, posições que divergem. Quanto a vacina o posicionamento é unânime: todos na luta para que a vacina alcance mais rapidamente o cidadão. 2022 seguem as articulações e o fortalecimento da candidatura própria.


Schettini: O MDB nacional já olha Lula da Silva como opção. Por quê?

Nadal: Entendo que o MDB deverá ter candidatura presidencial.


Schettini: Dia 26 é uma data que diz o que sobre o futuro do governador?

Nadal: E um momento decisório. Ninguém sabe qual será o resultado do julgamento.


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro