Close Menu

Busque por Palavra Chave

Transparência Criciúma

Fiesc apresenta CoronaDados para Secretaria de Saúde de Chapecó

Por: LÊ NOTÍCIAS
22/04/2021 09:44
Fiesc Equipe da Secretaria de Saúde conheceu ferramenta em reunião nesta segunda-feira Equipe da Secretaria de Saúde conheceu ferramenta em reunião nesta segunda-feira

A Vice-Presidência Regional Oeste da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc) apresentou, nesta segunda-feira (19), o CoronaDados para a Secretaria de Saúde de Chapecó. Trata-se de um sistema web desenvolvido pelo SESI no ano passado que auxilia no monitoramento de sintomas em massa e compõe o pacote Protocolo Corona.

O coordenador de Saúde e Segurança na Indústria do SESI/SENAI Regional Extremo Oeste e Oeste, Leandro Jacson Schacht, apresentou a ferramenta e comentou que atualmente o sistema já é utilizado em aproximadamente 350 empresas, incluindo algumas prefeituras. “Com o CoronaDados é possível ganhar tempo, monitorar em grande escala e viabilizar ações rápidas para combater a disseminação do vírus. É um sistema efetivo que atua preventivamente. Os colaboradores respondem, para uma assistente virtual – a Cora – perguntas elaboradas com base em uma matriz de risco e, a partir das respostas, o líder de equipe pode direcionar as ações”, explicou.

O sistema é abastecido por dados informados pelas próprias pessoas, que respondem diariamente se apresentam ou não sintomas por meio de mensagens enviadas via Telegram, aplicativo ou até mesmo monitorados pelo seu líder diretamente no site do CoronaDados. Os líderes das equipes podem checar no sistema se todos já responderam e, assim, ampliar o engajamento. Com base nestas informações, é possível adotar ações para conter a disseminação do vírus, como o isolamento preventivo, indicação de consultas médicas, testes e ações baseadas em protocolos preventivos. O sistema também permite acompanhar o tempo de recuperação dos infectados.

A ferramenta é simples e gratuita. O gerente executivo do SESI, SENAI e IEL nas regionais Oeste e Extremo Oeste, Jardel Carminatti, enfatizou que é fundamental o engajamento das equipes. “Parece um sistema complexo, mas não é. Se alguma pessoa tem dificuldade de acessar pelo celular, o líder da equipe pode entrar em contato com ela e preencher os dados no sistema. Se cada líder monitorar de forma efetiva o seu grupo, contribui com a empresa ou o município na tomada de decisões assertivas e na atuação preventiva à covid-19”, sublinhou, ao destacar que a Fiesc oferece assessoria e consultoria para a implantação da ferramenta.

O secretário de Saúde de Chapecó, Luiz Carlos Balsan, avaliou a reunião como produtiva. “A ferramenta vem ao encontro das ações que o município vem desenvolvendo no que se refere ao lockdown inverso. Levaremos ao conhecimento do prefeito e solicitaremos uma intermediação com as entidades empresariais para incentivar o uso desses dados juntos aos seus associados”, frisou.


Outras Notícias
Transparência Criciúma 2
Anúncio Radial 2
Palhoça Parques
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro