Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

ATAQUE

Jovem desferiu 30 golpes com espada ninja para matar crianças e professoras em creche

Por: LÊ NOTÍCIAS
04/05/2021 19:14 - Atualizado em 04/05/2021 19:17
Reprodução/Willian Ricardo/ND Fabiano Mai desferiu 30 golpes de espada ninja para matar as três crianças menores de dois anos e duas professoras Fabiano Mai desferiu 30 golpes de espada ninja para matar as três crianças menores de dois anos e duas professoras

Na coletiva realizada pelas forças de segurança no quartel do Corpo de Bombeiros de Saudades, no início da noite desta terça-feira (04), o perito criminal Carlos Augusto Nogueira Júnior, gerente da 5ª Gerência Mesorregional de Perícias de Fronteira do Instituto Geral de Perícias (IGP), disse que esteve no necrotério anexo ao Hospital Regional do Oeste (HRO), em Chapecó, e analisou os cinco corpos vítimas do atentado à creche municipal Aquarela, que ocorreu nesta manhã.

O perito criminal Carlos Nogueira disse que os laudos cadavéricos serão concluído por um médico legista, mas que as vítimas receberam 30 golpes perfurantes que ocasionaram os óbitos. A arma que Fabiano Kipper Mai, de 18 anos, utilizou no crime, estilo ninja-samurai, foi recolhida pelo IGP e irá passar por perícia.

30 GOLPES

Conforme Nogueira, uma das crianças recebeu oito golpes, sendo cinco nas costas, um no tórax e dois na cabeça. A outra criança foi ferida por seis golpes, sendo três no abdome, dois no tórax e um nas costas. A terceira criança sofreu seis golpes, sendo dois nas costas, um no glúteo, dois no tórax e um no abdome.

A professora Keli Aniecevski, de 30 anos, foi ferida com oito golpes, sendo dois na perna direita, um na perna esquerda, quatro nas costas e um no braço esquerdo. A auxiliar de educação Mirla Renner, de 20 anos, recebeu dois golpes no abdome.


Espada ninja foi recolhida pelo IGP e irá passar por perícia (Foto: Willian Ricardo/NDMais)

INVESTIGAÇÕES

Na coletiva, o porta-voz do Colegiado Superior de Segurança Pública e Perícia Oficial, delegado-geral de Polícia Civil, Paulo Norberto Koerich, disse que o caso pegou a todos de surpresa. “Se não estudarmos esse episódio, não saberemos os motivos disso tudo. É por isso que as investigações estão sendo realizadas”, disse.


Outras Notícias
Segurança Pública - Estelionato - Mobile
Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro