Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

Homem de 31 anos é preso por ser suspeito de matar família e queimar residência em São Domingos

Por: LÊ NOTÍCIAS
14/05/2021 14:30 - Atualizado em 14/05/2021 14:30
Polícia Civil Quatro pessoas da mesma família foram encontradas mortas após incêndio no último sábado (08), em São Domingos Quatro pessoas da mesma família foram encontradas mortas após incêndio no último sábado (08), em São Domingos

No início da manhã desta sexta-feira (14), a Polícia Civil efetuou a prisão, na cidade de Ipuaçu, de um homem de 31 anos, investigado pelas quatro mortes e incêndio à residência ocorridos no início da manhã do último sábado (08), na Rua Valdir Humberto Lodi, bairro Esperança, em São Domingos.

A partir dos resultados dos laudos periciais do Instituto Médico Legal (IML) do Núcleo Regional de Perícias de São Lourenço do Oeste sobre duas das quatro mortes, a Polícia Civil passou a investigar o fatídico episódio como criminoso, tendo sido instaurado inquérito policial com a finalidade de apurar o “quádruplo homicídio”, onde foram ceifadas, por ferimentos com arma branca, as vidas de toda uma família, e, em seguida, ateado-se fogo à residência, provavelmente com o intuito de apagar qualquer indício que pudesse levar à descoberta da autoria de crime tão atroz.

Os trabalhos investigativos imediatos possibilitaram a colheita de provas que redundou no pedido de prisão temporária e outras medidas cautelares tendentes a apurar as infrações penais e sua autoria. De acordo com a Polícia Civil, “a prisão do suspeito é medida imprescindível para as investigações policiais, no sentido de esclarecer os fatos, bem como garantir a escorreita colheita de provas no curso da investigação, com liberdade de manifestação e integridade física das testemunhas, evitando-se, ainda, o risco de fuga e ocultação de fontes de prova”.

Por se tratar de crime hediondo (especialmente grave), a prisão temporária foi decretada pelo prazo de 30 dias, podendo ser prorrogada por igual período.

As investigações continuam com a Divisão de Investigação Criminal de Fronteira de São Lourenço do Oeste. O Instituto Geral de Perícias (IGP) também participa ativamente.


Outras Notícias
Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro