Close Menu

Busque por Palavra Chave

DESENCONTROS

Sem acordo, greve dos servidores continua na segunda

Por: Janquieli Ceruti
23/06/2017 18:02 - Atualizado em 23/06/2017 18:03
Prédio público foi ocupado por grevistas (Foto: Janquieli Ceruti/LÊ) Prédio público foi ocupado por grevistas (Foto: Janquieli Ceruti/LÊ)

A greve dos servidores públicos de Xaxim, em maioria professores, continuará na semana que vem. Desde quinta-feira (22), os grevistas estão mobilizados em frente à Prefeitura à espera de uma reunião com o prefeito Lírio Dagort. Nesta sexta, a expectativa era de que o encontro ocorresse antes do meio-dia, mas a falta de entendimento quanto à comissão que deverá negociar as reivindicações gerou novo impasse. De acordo com grevistas, Lírio não estaria disposto a sentar com membros do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal de Chapecó e Região, que integram a comissão. Ainda conforme eles, Lírio teria exposto que somente negociará se for diretamente com a categoria.

Diante da negativa do prefeito, os grevistas saíram do prédio público durante a tarde e foram até a sede do Grupo Aconchego, onde decidiram continuar com a greve. Conforme a presidente do Sindicato, Vania Barcellos, o grupo, formado por pelo menos 200 pessoas, retornará à Prefeitura nesta segunda-feira, às 8h. “Vamos insistir para que o prefeito receba a comissão de greve e abra a mesa de negociação para discutir os pontos econômicos e as reivindicações dos agentes de Saúde”, expôs Vania.



REIVINDICAÇÕES:

- Pagamento da reposição dos servidores, que é de 3.99%; e dos professores, que é de 7.64%, que tinha como data base o mês de maio e ainda não foi acertada;

- Pagamento de 1% de progressão por tempo de serviço para todos os servidores, que deveria ter sido paga em maio;

- Acréscimo de 2% na regência de classe dos professores, que está no plano de carreira e que deveria ter sido executado em janeiro. Também, outros 2% para os professores de curso, que deveria ter sido pago em março;

- A última parcela com relação à data-base de 2016 aos servidores, que deveria ter sido paga ainda em novembro pelo então prefeito Idacir Orso. Aos professores é de pouco mais de 4%, e aos servidores em geral é de pouco mais de 3%.


Outras Notícias
Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro