Close Menu

Busque por Palavra Chave

João Rodrigues incendiado; Doria na tese do meio; Eron Giordani surgindo; 5° Constitucional em brasa; Pressão no IFSC; MDB em carne viva

Por: Marcos Schettini
16/06/2021 10:28 - Atualizado em 16/06/2021 12:57
Divulgação

Varal ulyssista

O clima dentro do MDB de SC é de guerra. Se Dário Berger não aceita mais que a Executiva do partido modifique a rota para a escolha do candidato a governador, por outro a célula liderada pelo deputado Celso Maldaner ignora os apelos do senador. O presidente do partido segue a linha de isolamento pleno de Dário no jogo sucessório. É que o marido de Rose Maldaner está afinado com Antídio Lunelli em todas as iniciativas. O tema “MDB Raiz” é um tapa dolorido no rosto do irmão de Djalma Berger visto como originário da Arena, portanto, desta veia. A ala arterial faz pressão para consolidar o ideal ulyssista de partido. Mas a bancada estadual não está nem um pouco preocupada com o Vietnã intenso. Estão voltados para o próprio balcão junto ao Governo de SC que assinaram pelo retorno em 7 de maio. Para eles, Carlos Moisés deve ir para o manda brasa, construir a reeleição com uma coligação forte e sepultar a disputa interna.


LEGAL

Jair Bolsonaro desce novamente em SC para fazer campanha eleitoral com o dinheiro do Zé Mané, do irmão dele, o Bastião, e a vizinha Chiquinha. Bacana que todos os deputados estão comprando pipoca para assistir ao show que o TCU carimba como bacana.


EXCELENTE

Quando é possível ver os deputados Daniel Freitas e Caroline de Toni com assento no Congresso Nacional, é porque chegou-se ao fundo do fosso. Eles são aquela dupla de nada com coisa nenhuma que passeiam por Brasília para tirar selfie e viver bem com o dinheiro do contribuinte.


PASSEIO

Há alguns dias, o deputado federal de Criciúma foi a Goiás passear de helicóptero com o presidente da República. Foi ver de perto as aflições dos prefeitos daquele Estado que, de fato, tem tudo a ver com os catarinenses. Ele passeou e não prestou contas do que foi fazer por lá.


BLÁ

O presidente da República fazer campanha com dinheiro público é até aceitável. Todos que passaram pelo Palácio da Alvorada, ao acordar com excelente café da manhã, faziam o desjejum e iam país afora. Mas deputado federal fazer selfie e passear de helicóptero, é inédito.


ENTÃO

João Rodrigues prometeu ao coletivo de segurança da Presidência fazer um chamamento poderoso de motoqueiros para irem na manifestação em apoio à reeleição do presidente. É nesta demonstração de força que o prefeito de Chapecó quer impressionar o amigo Jair para ser o vice.


VICE

João Rodrigues sonha em morar no Palácio do Jaburu, às margens do lago Paranoá. Ser candidato a vice na chapa de Jair Bolsonaro passou a ser uma perseguição do prefeito de Chapecó. Nas conversas que fará com o presidente da República, tem de tudo, inclusive.


IMPRESSIONANTE

A idolatria do pessoal do presidente da República suplanta o preço da gasolina, frio ou calor intenso. Não interessa o preço do esforço, é foguetório e paixão. Como Bolsonaro, também Lula da Silva. Os seus adoradores acamparam em frente à PF, na República de Curitiba, por 580 dias gritando “bom dia, presidente”.


PISCADINHA

É perfeito o raciocínio feito a adoradores de ídolos. Eles sobrevivem muito perto de suas estátuas. Ao verem sua queda, ao invés de correrem na direção contrária, preferem ficar embaixo para serem esmagados. Talvez seja isso que João Doria tenha percebido.


ELE

O governador de São Paulo arregaçou as mangas. Quer derrubar a tese de Eduardo Cunha que, em entrevista na CNN, afirmou que não haverá chances para a terceira via entre os extremos. Ele quer derrubar a estátua sobre os adoradores de mitos e vai bater chapa com Eduardo Leite e Tasso Jereissati na convenção.


OPA

Cresce no meio parlamentar de apoio a Carlos Moisés, o nome de Eron Giordani para compor como possível nome na majoritária, mais precisamente como vice. Como é do Oeste, teria apoio pleno de João Rodrigues com entrada do PSDB no jogo pela região Sul. Barulho pequeno, é verdade, mas que já rompe o silêncio.


APLAUSOS

De Chapecó, impedida de viajar à capital dos catarinenses por suspeita de leves sinais de Covid, Luciane Carminatti comemorou o anúncio do governador de piso mínimo do professor em 5 mil reais de salário. A deputada do PT ao lado de Rodrigo Minotto, do PDT, são vozes na defesa do ensino de qualidade.


SHOW

Luiz Fernando Vampiro carimbando forte na defesa do ensino de qualidade e valorização do professor. Na condição de secretário da Educação, tem diálogo permanente no meio. Criou método de aferição junto aos professores para, no tempo que tem à frente da pasta, produzir em todas as direções. Inclusive sua ida a Brasília em 2022.


MOTIVADA

Tammy Fortunato, nome em disputa para indicação pelo 5° Constitucional, mergulhou em um tema voltado diretamente às mulheres. A pandemia mostrou o violento mapa de agressões físicas, psicológicas e social vivida por elas. Advogada, é ferrenha na defesa e bandeiras levantadas por Maria da Penha, vítima disso que, por sua coragem luta, virou lei.


REAL

A violência contra as mulheres em todos os tipos de rostos. O que deveria ser grade escolar para mudar o futuro, falta tudo. Salário, segurança, oportunidades. O TJ deve ter um setor só voltado aos temas que envolve esta necessidade. Há quase nada de conclusivo no assunto. Muita bandeira para pouco mastro.


POSSE

Professores dos Institutos Federais estão exigindo ao Conselho do MEC para que o reitor Maurício Gariba Jr. assuma a cadeira. Ele foi eleito, mas o ministro da Educação nega o assento porque imaginava que o candidato alinhado ao governo, com derrota vergonhosa, venceria.


BANDEIRA

Deputados Rodrigo Coelho e João Amin comemoraram a decisão de Jair Bolsonaro em isentar os terrenos de Marinha do chamado laudêmio, valor cobrado sobre transações que envolvem imóveis em áreas pertencentes à União. Os filhos de João Norberto Coelho e Esperidião Amin acertaram outra.



Alesc - Outubro - Mobile
Floripa - Um novo amanhã - Mobile
Essenciais de Verão
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro