Close Menu

Busque por Palavra Chave

Transparência Criciúma

Xaxinense concilia fotografia com beleza brasileira

Por: Axe Schettini
28/06/2017 13:26
Mirante da Janela, no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás (Foto: Fernando Fiorentin) Mirante da Janela, no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás (Foto: Fernando Fiorentin)

Um dos apreciadores da bela imagem e dos Parques Nacional é o xaxinense Fernando Fiorentin, que se tornou um apaixonado por fotografia e um entusiasta por viagens. Há alguns meses esteve no Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, em Goiás, onde fez a linda imagem no Mirante da Janela. Observando uma foto desta, anima conhecer o Brasil todo, não? Parabéns pela fotografia, Fernando. Continue dedicado e apaixonado por viagens! Siga ele no Instagram e aprecie outras belas imagens: @fernandofiorentin


BELEZA

O Brasil é, como todos sabem, um país riquíssimo em belezas naturais. Pode-se dizer que é uma nação completa, rica em minerais, com um litoral incrível e uma agropecuária invejável. Hoje longe de ser um país de primeiro mundo, o Brasil afaga seus filhos como um pai completo, mas peca ao não repassar tudo o que aprendeu e o que têm. Somos um país novo e por isso mesmo sempre comparado aos demais, assim temos dezenas de “vales europeus”, “praias do caribe”, “areias gregas” e etc. Ainda devemos acreditar num país rico, que valoriza seu turismo, suas pessoas e é respeitado pelo mundo.

CONHECENDO

Muitos lugares, que proporcionam verdadeiros espetáculos, estão próximos a nós, mas não são valorizados como deveriam. Primeiramente por que o Estado não dá suporte para estes locais e depois por que a nossa cultura não valoriza o que é nosso. Um dos maiores exemplos da nossa região é o Parque Nacional das Araucárias, em São Domingos, que foi criado em 2003, mas somente foi aberto ao público em abril de 2016. O local fica aberto de quarta-feira a domingo, está localizado há 100km de Chapecó e é gratuito. É mole ou quer mais?

PRESERVAÇÃO

O Parque Nacional das Araucárias tinha contabilizado apenas 2,5 mil visitando ao completar um ano de visitação. Onde está o erro nisso? As escolas deveriam fazer caravanas ao local, incentivar a valorização da nossa região e mostrar que também temos uma beleza única. O local hoje tem cerca de 3,6 mil araucárias preservadas, sendo que a maior delas possui seis metros de circunferência e 40m de altura. Há duas trilhas para os visitantes: a Trilha do Mirante com 1,1km e a Trilha das Cachoeiras, com 2,1km e com agrados das quedas no rio Araçá.

VERGONHA REGIONAL

Abre-se um e fecha-se outro. Faz sentido? A Floresta Nacional de Chapecó, na divisa com Guatambu, que por muitos anos recebia alunos, visitantes e famílias nos finais de semana, hoje tem acesso restrito. Administrada pelo Instituto Chico Mendes, a floresta hoje não agrega ao não ensinar nada. De que adianta todo aquele espaço preservado, se não aprende-se nada com aquilo. Necessitaria de uma mexida política, também em contato com o Ministério do Meio Ambiente, para que as visitas fossem abertas ao público.


Transparência Criciúma 2
Anúncio Radial 2
Palhoça Parques
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro