Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

Saretta solicita rapidez na vacinação de adolescentes contra Covid-19

Daniel Conzi/Agência AL Deputado argumenta que é preocupante a alta taxa de contágio da variante, podendo levar a um novo colapso da saúde Deputado argumenta que é preocupante a alta taxa de contágio da variante, podendo levar a um novo colapso da saúde

O deputado Neodi Saretta, que também é presidente da Comissão de Saúde, fez um alerta para a circulação, em Santa Catarina, da variante delta. A preocupação é com a alta taxa de contágio que pode provocar um novo aumento de internações. “Não queremos um novo colapso na saúde. Inclusive, a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Dive) divulgou nota chamando a atenção sobre uma possível lotação dos leitos hospitalares”.

Conforme o deputado, a vacina é uma das medidas para conter a pandemia e que a imunização precisa andar mais rápido. “É hora de vacinar e não de relaxar. Por isso o Ministério da Saúde precisa agilizar a entrega de vacinas e os municípios aplicá-la com rapidez”.

Sobre a imunização dos adolescentes, Saretta comemorou que algumas cidades já estão avançando para os 18 anos, meta que o Estado pretende cumprir até final agosto. Porém, muitos estão atrasados e ele volta a pedir agilidade para iniciar a imunização dos adolescentes a partir dos 12 anos.

Saretta também chamou a atenção sobre a divulgação do percentual de vacinados, onde algumas cidades estão deixando de computar na soma geral, os adolescentes a partir de 12 anos. “Às vezes o município com afã de querer mostrar um percentual maior, ignora a população da faixa etária de 12 a 18 anos. Isso confunde e da impressão de que já está bom, já vacinou mais de 80%, o que está errado. O deputado fez questão de lembrar que Santa Catarina imunizou apenas 25% das pessoas com a segunda dose e, que a imunização completa está longe de chegar.

BONS EXEMPLOS

Saretta elogiou os municípios que são exemplos na imunização, mas lamentou a burocracia de alguns. “Há municípios que aplicam a vacina todos os dias, quando tem doses disponíveis, esticam a noite, vacinam final de semana, mas alguns ainda insistem em serem mais burocráticos, mais lentos. É preciso que a gente agilize a vacinação, que é uma forma de conter a pandemia”.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Fiesc Setembro
Zagonel
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro