Close Menu

Busque por Palavra Chave

Polícia Civil de Caibi deflagra 4ª fase da Operação Paraguai e prende três homens

Polícia Civil de Caibi Além das prisões preventivas, a Polícia Civil deu cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão Além das prisões preventivas, a Polícia Civil deu cumprimento a cinco mandados de busca e apreensão

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Fronteira da cidade de Caibi, com apoio da Delegacia de Polícia de Fronteira da Cidade de Palmitos, Delegacia de Polícia de Fronteira de São Carlos, Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Chapecó e Delegacia de Polícia de Cunhataí, desencadeou na tarde de quinta-feira (21), a 4 °fase da Operação Paraguai, que teve como objetivo a prisão preventiva de mais três integrantes de uma associação voltada para o tráfico de entorpecentes, além do cumprimento de cinco mandados de busca e apreensão.

Dando continuidade nas operações polícias anteriores, as quais se logrou êxito na identificação, qualificação e prisão preventiva de suspeitos de praticarem tráfico de drogas e associação para o tráfico, a Polícia Civil, após diversas outras diligências, obteve elementos informativos que indicavam a participação de outros três suspeitos na prática do crime equiparado a hediondo.

Diante dos elementos probatórios materializados no relatório de investigação, a autoridade policial representou pela prisão preventiva dos investigados de 18 anos e dois deles de 25 anos, assim como a busca e apreensão em cinco residências.

Após análise dos elementos de prova, a autoridade judiciária deferiu os pedidos cautelares, expedindo os respectivos mandados. Na tarde de ontem, então, os policiais civis das referências unidades policiais deram cumprimento à ordem judicial, ocasião em que prenderam preventivamente os suspeitos, apreendendo drogas.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia, sendo, então, interrogados pela autoridade policial e posteriormente encaminhados ao sistema prisional de Chapecó.

A Polícia Civil, nas quatro fases da operação desencadeadas, prendeu, preventivamente, dez investigados, incluindo o chefe da organização criminosa.

A Polícia Civil agradece, imensamente, o apoio do Ministério Público e do Poder Judiciário de Palmitos que, imediatamente, após a representação da autoridade policial, manifestaram-se favoráveis às medidas cautelares.


Outras Notícias
Alesc - Outubro - Mobile
Floripa - Um novo amanhã - Mobile
Essenciais de Verão
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro