Close Menu

Busque por Palavra Chave

AQUI TEM GOVERNO

Homem é preso por feminicídio da esposa em Chapecó

Por: LÊ NOTÍCIAS
02/03/2022 11:28
Polícia Civil de Chapecó Autor, de 34 anos, teria matado a esposa, de 29, no dia 28 de fevereiro em razão de uma traição da companheira, no bairro Vila Rica Autor, de 34 anos, teria matado a esposa, de 29, no dia 28 de fevereiro em razão de uma traição da companheira, no bairro Vila Rica

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Chapecó e Central de Plantão Policial da cidade, prendeu, preventivamente, um suspeito de 34 anos, responsável pela prática do crime de tentativa de feminicídio, contra sua esposa, uma mulher de 29 anos, em crime ocorrida no dia 28 de fevereiro, no bairro Vila Rica, em Chapecó.

ENTENDA O CASO

Na data do crime, a Polícia Civil foi acionada por familiares da vítima, oportunidade em que policiais civis e peritos criminais compareceram ao local, colhendo elementos de prova da infração penal, assim como realizando as perícias necessárias, respectivamente.

A autoridade policial plantonista, titular da Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Chapecó, imediatamente, naquele dia, intimou as testemunhas do crime hediondo, quais sejam, irmão e cunhada da vítima, o qual informaram que o investigado chegou a residência e sem qualquer motivo, quebrou o celular da vítima.

Após o dano ao celular da companheira, o suspeito, na residência do casal, na posse de armas brancas, passou a golpear a ofendida diversas vezes, utilizando duas facas e um facão, ocasião em que uma das facas permaneceu cravada na cabeça da vítima.

Segundo as testemunhas, o investigado não logrou êxito no seu intento, pois foi impedido pelo irmão da vítima, no entanto, empreendeu fuga em uma motocicleta da ofendida.

O crime foi praticado, inteiramente, na presença do filho da vítima, de apenas três anos e outras duas crianças.

Diante dos elementos de provas colhidos, notadamente, a prova testemunhal e pericial, a autoridade policial representou, imediatamente, pela prisão preventiva do suspeito, no qual, após manifestação favorável do Ministério Público, foi deferida pelo Poder Judiciário, rapidamente, em pouco mais de uma hora.

PRISÃO

Imediatamente, após a decisão judicial, os policiais civis e a autoridade policial iniciaram as diligências, a fim de localizar o suspeito, diligências essas que não cessaram até no início da noite de ontem (1º), quando a autoridade policial responsável pela representação da prisão preventiva e policiais da Central de Plantão Policial (CPP) receberam ligações da advogada do suspeito.

Ela informou que desejaria apresentar o investigado na unidade policial, sendo, então, realizada a apresentação do foragido, ocasião em que foi cumprida a prisão preventiva em seu desfavor.

Interrogado pela autoridade policial, o suspeito, na presença da sua advogada informou que praticou o crime em razão de ter sido traído pela ofendida.

Realizado os trâmites legais, o suspeito foi encaminhado para o sistema prisional, local em que permanecerá à disposição da Justiça. O inquérito policial será concluído pela Delegacia de Proteção à Criança, ao Adolescente, à Mulher e ao Idoso de Chapecó, no prazo de até 30 dias.


Outras Notícias
Alesc - Junho - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro