Close Menu

Busque por Palavra Chave

AQUI TEM GOVERNO

Lajeado Grande oferta capacitação para artesãos locais

Ramon Schettini/LÊ No município, a capacitação para artesãos locais selecionados é voltada para elaboração artesanal de produtos culturais e souvenirs No município, a capacitação para artesãos locais selecionados é voltada para elaboração artesanal de produtos culturais e souvenirs

Fortalecer o setor produtivo da economia criativa, incentivar a produção de itens que potencializam as vocações regionais e que evidenciam aspectos econômicos/históricos/sociais, buscar parcerias e novos mercados e oportunizar capacitação para o aprimoramento da estética e da funcionalidade dos produtos criados a partir da cultura local.

Com essa visão a Administração Municipal de Lajeado Grande, no Oeste catarinense, disponibiliza Oficinas Criativas para o Artesanato, em parceria com o Sebrae/SC por meio do Programa Cidade Empreendedora.

A capacitação para artesãos locais selecionados é voltada para elaboração artesanal de produtos culturais e souvenirs, o que permite um posicionamento diferenciado no mercado consumidor porque os itens materializam as emoções dos visitantes ou dos moradores.

De acordo com a consultora credenciada ao Sebrae/SC, Silvia Baggio, as ações são voltadas à geração de oportunidades de trabalho e renda, o aproveitamento das vocações regionais, a preservação das culturas locais, a formação de uma mentalidade empreendedora para o mercado competitivo, a promoção da profissionalização e a comercialização dos produtos artesanais que fomentam o setor turístico.

A primeira etapa prevê levantar a atual situação da atividade; identificar as matérias-primas existentes na região, principalmente as de origem natural; elencar outras habilidades ou técnicas que possam somar na diferenciação do produto; estabelecer a promoção e a comercialização aliada ao turismo; apontar os ícones para o desenvolvimento das oficinas e abordar as tendências na produção artesanal. Para a segunda fase estão previstas 34 horas de oficinas sobre: sensibilização e criatividade, desenvolvimento de produtos iconográficos, apresentação e embalagens e controle de qualidade e melhoramento de produto.

De acordo com o agente de desenvolvimento Clodoaldo Squina o desenvolvimento do artesanato local tem como objetivo promover medidas para ampliar a competitividade do produto artesanal e da capacidade empreendedora para maior inserção do artesanato nos mercados regionais. “Essas oficinas criativas resultarão em oportunidades para os produtos associados ao território com itens relacionados às experiências vividas a partir das atrações turísticas, para atuação junto aos meios de hospedagem que aumentam a visibilidade do desenvolvimento sustentável e para atuação junto ao setor da gastronomia com valorização dos ingredientes locais”, observa.

A metodologia utilizada para aplicação das oficinas tem como base dois programas – Programa do Artesanato Brasileiro: base conceitual do artesanato brasileiro e o Termo de Referência do Sebrae no Artesanato. Os eixos utilizados para execução são: estudos e pesquisas, sistema de informação do artesanato, desenvolvimento do artesanato e promoção comercial.


Outras Notícias
Alesc - Junho - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro