Close Menu

Busque por Palavra Chave

Xaxim precisa sair do atraso

Por: Marcos Schettini
07/08/2017 09:46

A equipe do prefeito Lírio Dagort e Adriano Bortolanza, com a capacidade demonstrada do secretário Geverson Giacomelli, está direcionando para que, logo mais, a economia para colocar a cidade nos trilhos, possa dar respostas à sociedade. Tem sido feitas grandes coisas, mas longe do que se precisa de fato. As movimentações devem ser de tirar Xaxim da sufocada posição entre Chapecó e Xanxerê. Lugar que mantém sua asfixia e falta de investimentos. Ao lado de uma BR-282, poderosa no escoamento e na visualização municipal, não se está capitalizando com isso. A Amai, entidade presidida pelo prefeito Dagort, não consegue dar a resposta que a municipalidade precisa. Tudo vai sempre para Xanxerê, a sede. Manter a Pequena Queda D’água presa em uma região que não tem o que oferecer, é perda de tempo. Está na hora de mudar. Se pretende pular para o desenvolvimento, fazendo o asfalto que liga o município a Chapecó, o desenvolvimento está deste lado. Há décadas que se anda para trás. Agora está na hora de romper com isso.


Piada

Na festa ocorrida no final der semana em Cordilheira Alta, a sociedade diz que Picasso não é nada. Acreditaram que ele iria respeitar o acordo da chapa única e foram enganados. Falam que o município está completamente morto. Por quê?

Fraco

Os prefeitos reais de Cordilheira Alta são os secretários da Administração Mauro Moresco e Alceu, da Saúde. Dançam na cabeça de Carlos Picasso, visto como pneu furado e perdido, sem saber a direção do vento. Se o eleitor percebeu isso, já melhorou.

Certo

O secretário Mauro está na prefeitura há anos. Conhece cada fornecedor e sabe bem como fazer as coisas. Picasso é perdido, não sabe diferenciar o dia da noite e, por isso, Moresco dança forte em sua inocência.

Cúmplices

Afinados para apunhalar Picasso pelas costas, Moresco e Mazzioni fazem sombra no prefeito inocente. Alceu, na prefeitura desde que Cordilheira tornou-se município, vive do dinheiro público e do acordo com Mauro. Cadê o MP?

Inocente

Só Picasso não enxerga sua inocência perante a esperteza de Mauro Moresco e Alceu Mazzioni. Vistos juntos apenas quando o prefeito não vê, os dois comandam a Administração e a Saúde como querem. De fato, são eles que mandam em Cordilheira.

Trapaceados

O eleitor de Cordilheira foi enganado. Os partidos agiram certos ao atenderam pedido dos empresários para não haver disputa e evitar gastos. O PMDB novamente na cabeça foi um tiro no próprio peito de cada um. É como entregar o queijo para o rato.


Palhoça Você em Dia - Mobile
Covidômetro - Florianópolis - Julho
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro