Close Menu

Busque por Palavra Chave

Transparência Criciúma

Bolsonaro e repercussões...

Por: Gustavo de Miranda
09/08/2017 11:28

Realmente, eu não esperava o tamanho da repercussão que causou a coluna da semana passada, onde eu disse que não vejo motivo relevante e coerente com a realidade para apoiar o Bolsonaro, recebo e-mails e mensagens até agora.

A maioria deles é ofensiva, hostil e estéril, claro, o que, além de comprovar a minha tese, me mostra pelos números que há uma grande quantidade de gente que o apoia, e uma boa parte dessa gente é igual a ele no conceito e nas atitudes contra quem discorda das suas ideias: não existe diálogo, debate, o negócio é meter a boca mesmo, abusar do sarcasmo e achar que quem discorda ou não apoia é petista.

Não que todas as ideias desse pessoal estejam equivocadas, ou sejam exageradas, ou mesmo conservadoras, qual seja uma característica do Bolsonaro, pois recebi também bons argumentos que me despertaram a curiosidade e a dúvida, é que a maioria absoluta não se informa, não procura, não lê, não pesquisa além do que está em evidência por polêmica no Facebook, vive sendo enganada por fake news e acha bonito dizer “você tem que se informar mais”, sendo que a única coisa que lê frequentemente é mensagem de WhatsApp.

Um dos maiores questionamentos era o de quem escolher além do Bolsonaro, como se só houvesse um político honesto e que nunca foi citado em delações ou escândalos. O Tiririca também nunca foi citado, como o Bolsonaro, logo, posso chamá-lo de homem honesto e dizer que ele, do mesmo modo, é a solução, só que o Tiririca não apareceu xingando ninguém.

Há um desinteresse das pessoas em ir além, em procurar informação fora das redes sociais, e isso tem mantido muita gente no engano.

Um grande amigo meu disse numa postagem que sua “defesa ao homem vai pela austeridade e disciplina que é advinda dos militares. O presidente sozinho não comanda tudo, mas dá o norte, o caminho, o rumo. O fato de até então estar isento de falcatruas denota um dever civil e público muito grande que merece atenção. Pode falhar em aspectos administrativos por falta de experiência e conhecimento, mas se tiver uma equipe competente podemos colocar o Brasil nos eixos e criar um novo perfil de políticos”. Foi o argumento mais inteligente que já vi em discussões sobre isso.

Enfim, não questiono a honestidade do Bolsonaro, eu questiono a capacidade de articulador, de unificador, de pacificador, que ele não tem. Pois o que precisamos é isso: alguém que una a política honesta e através de uma equipe forte e limpa e se imponha sobre os coronéis da maracutaia pra tirar o país da crise econômica e política. E se Bolsonaro conseguir isso, eu passo a apoiá-lo.

E chega disso.


Transparência Criciúma 2
Anúncio Radial 2
Palhoça Parques
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro