Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma
Peste Suína Setembro
Beira-Mar Casan

A oratória estadista de Luciano Buligon

Por: Axe Schettini
28/08/2017 09:46 - Atualizado em 28/08/2017 09:47

Você sabe quando mesmo sem ver, ainda de longe, tem certeza plena do que está ouvindo? Assim é com o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon. Com uma oratória exemplar, digna de um estadista, Buligon se destaca rapidamente perante aos demais. Nas inaugurações que aconteceram durante o Centenário de Chapecó, deu-se a perceber que as palavras ditas em seus discursos, pareciam ter sido lidas ou então treinadas há meses. Mas não, com uma entoação de voz e uma interpretação de texto invejável, Buligon enche os olhos de qualquer apaixonado pela Língua Portuguesa.

Ditos pelo coração e com emoção, os discursos do prefeito têm chamado a atenção por onde passa, longe das tradicionais palavras usadas por antigos políticos, Buligon, com sua juventude e carisma social, mostra-se democrata, líder e preparado devido sua precisão durante o discurso. Ao dizer que "Chapecó deixou de carnear porco para começar abater suínos", demonstra em poucas palavras que a cidade se profissionalizou tecnicamente e se tornou a potência industrial que é. Quando afirma que "as estátuas foram colocadas aqui, no final da avenida, para marcar que, com eles, até este ponto foi chego em 100 anos", ele demonstra que, em 2117, o local será talvez região central da cidade, devido ao impulso econômico conduzido por Chapecó.

Com palavras contagiantes e um discurso emocional, com caráter popular e único, o prefeito de Chapecó mostra-se, além de ter pulso firme na administração, competente para, não agora, mas sim no futuro, governar Santa Catarina.

Agora, em viagem internacional, participa de missão diplomática a Roma, na Itália, para audiências com o Comitê Olímpico Internacional (COI), Federação Internacional de Futebol (Fifa) e Embaixada do Brasil na Itália. Buligon também terá audiências com a prefeita de Roma e com prefeito da cidade do Vaticano, entre 27 de agosto a 04 de setembro, quando também deve ser recebido pelo Papa Francisco, ao lado da equipe da Chapecoense.

Sua simpatia, força e perspicácia social e política, lhe dão certamente o apelido de Gigante, por natureza e competência!


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro