Close Menu

Busque por Palavra Chave

Sobre a saída de Xaxim da Amai e consequências

Por: LÊ NOTÍCIAS
28/08/2017 09:55

Quando este LÊ NOTÍCIAS defendeu, e vai continuar defendendo, que Xaxim sempre vai ficar atrás de Xanxerê, afirma que, em investimentos que estão na pauta para serem costurados para aquele município vizinho, a municipalidade local sempre, reafirma-se, vai ficar em segunda posição.

A Pequena Queda D’água tem suas reivindicações para dar saltos importantes ao seu desenvolvimento e crescimento de qualidade de vida, mas só em seus interesses, caminha isolada porque a instituição Amai, com sede na Capital do Milho, não é voz, parceira, defensora dos sonhos xaxinenses. Não se condena por isso estas atitudes.

A Associação está em solo onde, sabe-se, teria dificuldade de defender que os interesses dos seus filiados, principalmente aquele em que se encontra sempre em segunda posição, tivesse um benefício maior que, em tese, deixasse que o município dirigido por Avelino Menegolla em segundo plano. Um contrassenso.

A carta de repúdio ao editorial deste , assinada pelo prefeito Lírio Dagort, entregue em mãos pela excelente executiva Ingrid Piovesan, cuja competência está expressa em sua completa dedicação à área técnica e administrativa, trabalho reconhecido sem questionamentos pelos 14 municípios membros, foi composta por defesa, e com razão, da manutenção de Xaxim na Amai.

Era esperado a manifestação contrária. Qual seria o posicionamento da Amai, saindo Xaxim, município forte e com características de desenvolvimento evidente, com seu aval expresso? Claro que a Nota de Repúdio, colocada nestas páginas, veículo com posição clara em defesa dos interesses locais, foi de impedimento do seu desmembramento. Não poderia ter tido maior demonstração de medo.

O que se espera, e as bandeiras vão continuar a serem defendidas, é que o clube de municípios, brindando pela sua permanência, reveja seus posicionamentos e tenha, ela mesma, a distribuição de interesses municipais voltados também para a terra administrada por seu atual presidente membro.

Já são perdas evidentes em seu desfavor. Não consegue criar um batalhão, dependendo de Xanxerê. Não consegue o curso de Medicina, foi para Xanxerê, a duplicação da BR-282, somente para Xanxerê, investimentos de milhões que o Governo do Estado, politicamente, ofereceu a Xaxim é, em relação a Xanxerê, de um 1/9. Por que será?

Xanxerê está certíssimo em suas prioridades e deve continuar a ser assim. Tem um empresariado forte, mais organizado, que se concentra mais em suas bandeiras, tem menos vinculação partidária e, quando quer algo, todos se unem.

Bem diferente de seu vizinho em que uma campanha eleitoral tem 48 meses ininterruptos e, por isso, manca, paga caro por sua incapacidade de superar rancores.

A Nota de Repúdio não diz nada com nada. Defende apenas seus interesses e o prefeito, presidente da Associação dos Municípios do Alto Irani, não tem outra alternativa que, ou abraça a causa deles ou, rompendo

Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Governo do Estado - Juntos somos mais fortes
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro