Lê Notícias - Polícia - Cézar e Lula Fonini vão a júri popular acusados...
Close Menu

Busque por Palavra Chave

Sebrae

CASO MONTAGNA

Cézar e Lula Fonini vão a júri popular acusados de mandar matar advogado em SMO

Por: LÊ NOTÍCIAS
03/03/2023 13:28 - Atualizado em 03/03/2023 14:05
Arquivo/LÊ Lula Fonini e Cézar Fonini são acusados de terem encomendado a morte de um advogado em Guaraciaba Lula Fonini e Cézar Fonini são acusados de terem encomendado a morte de um advogado em Guaraciaba

Na próxima semana, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), por meio da Comarca de São Miguel do Oeste, vai sediar o segundo júri popular do caso Joacir Montagna, em que é acusado o casal xaxinense Cézar Gastão Fonini e Maria de Lourdes Fonini.

A VÍTIMA

O advogado Joacir Montagna foi morto com um tiro na cabeça no dia 13 de agosto de 2018, em Guaraciaba, no Extremo-Oeste catarinense, em seu escritório em que trabalhava.

Segundo o promotor de Justiça, Marciano Villa, o primeiro júri já foi realizado e, na oportunidade, houve o julgamento das pessoas que executaram o crime. Ele explicou que o segundo júri vai começar na próxima segunda-feira (06), e será sediado na Câmara de Vereadores de São Miguel do Oeste.

Ele salientou que neste segundo júri, o julgamento será do núcleo referente aos mandantes do homicídio contra o advogado Joacir Montagna. Conforme ele, o grupo é chamado de núcleo intelectual e ao todo serão três pessoas julgadas.

Marciano admitiu que houve um intenso trabalho de organização por parte do poder judiciário e que é esperado um bom número de pessoas acompanhem o julgamento. Ele citou ainda que haverá a presença das famílias, advogados e população em geral. Nenhuma pessoa poderá se manifestar, apenas acompanhar o julgamento como ouvinte.

O promotor comentou que para o julgamento da próxima semana do caso Joacir Montagna, o Poder Judiciário sorteou um número maior de jurados e suplentes. Ele explicou que a medida foi tomada visando possíveis desistências ou mesmo impossibilidade de acompanhar os trabalhos, já que o júri poderá levar alguns dias, sendo diferente dos tradicionais processos julgados.

Marciano Villa destacou que o funcionamento do julgamento deve ser de praxe, sendo os jurados sorteados e logo após o juramento, as testemunhas de acusação e defesa serão ouvidas. Logo após, os réus serão interrogados e provas cautelares serão repassadas. Ele pontuou que também haverá os debates entre acusação e também defesa.

O promotor de Justiça afirmou que dos três acusados que serão julgados na próxima semana em São Miguel do Oeste pela morte do advogado Joacir Montagna, dois serão por homicídio triplamente qualificado e associação criminosa.

Trata-se do ex-prefeito de Xaxim Cézar Gastão Fonini e da ex-vereadora de Xaxim Lula Fonini. Já Adelino José Dala Riva será julgado na próxima semana apenas por associação criminosa. Ele já foi julgado no primeiro júri por homicídio duplamente qualificado e foi condenado na ocasião a 34 anos.


Com informações do Portal Peperi.


Outras Notícias
Prefeitura de Chapecó
Semasa Itajaí
Unochapecó
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro