Lê Notícias - Variedades - Rotary de Xaxim promove ação para erradicar poliomielite
Close Menu

Busque por Palavra Chave

AÇÃO ROTÁRIA

Rotary de Xaxim promove ação para erradicar poliomielite

Entidade irá arrecadar doações em escolas, bancos e comércios
Por: Felipe Giachini
21/10/2016 13:43 - Atualizado em 25/10/2016 13:58
Campanha inicia dia 24 deste mês e segue até 10 de novembro (Foto: Divulgação/LÊ) Campanha inicia dia 24 deste mês e segue até 10 de novembro (Foto: Divulgação/LÊ)

A Campanha do Rotary Club de Xaxim “Junte-se a nós para combater a paralisia infantil. Doe uma gotinha. Salve uma criança. Doe R$ 1,00 ou mais!” faz parte da ação de todas as entidades rotarianas do mundo em alusão ao Dia Mundial de Combate a Pólio, no próximo dia 24. Urnas serão disponibilizadas em escolas estaduais e municipais, bancos e comércios xaxinenses para arrecadar valores para a aquisição de vacinas para as crianças afetadas pela doença, que ainda preocupa o Afeganistão e o Paquistão, com ideia de eliminá-la, como aconteceu com a Varíola, em 1980.

O Rotary participa a 31 anos dessa campanha para eliminar a paralisia infantil, que também pode ser transmitida por vírus (que se dá através da boca, com material contaminado com fezes - contato fecal-oral -, que pode acontecer quando as condições sanitárias e de higiene são inadequadas). As ações começam na próxima segunda-feira e seguem até o dia 10 de novembro. A comunidade pode doar R$ 1, R$ 2 ou R$ 5. O valor será enviado para a Fundação Rotária, que tem parceria com a Fundação Bill & Melinda Gates, que trabalha com um “fator multiplicador”, ou seja, todo o dinheiro arrecadado pelos rotarianos (em dólar) será acrescentado duas vezes mais pela Fundação Gates. “O Rotary Club de Xaxim convida a todos os xaxinenses que doem em prol dessa causa, pois falta muito pouco para erradicarmos essa doença que atinge crianças do mundo todo. É um último esforço para eliminarmos ela de vez”, reforçou o presidente da entidade xaxinense, Mauro M. Brisola.

A PÓLIO

Poliomielite é uma doença viral que pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total. Apesar de também ser chamada de paralisia infantil, a doença pode afetar tanto crianças quanto adultos. A poliomielite foi praticamente erradicada em países industrializados com a vacinação de crianças, inclusive no Brasil, onde a vacina contra a doença foi incorporada à caderneta de vacinas obrigatórias. Mas o vírus causador, no entanto, ainda pode ser encontrado em países da Ásia, como Afeganistão e Paquistão.

De acordo com o Ministério da Saúde, o último caso de poliomielite registrado no Brasil aconteceu em 1989. Atualmente, a cobertura vacinal brasileira contra pólio é acima dos 95% - considerada um exemplo para o restante do mundo. O cenário da doença também melhorou radicalmente ao redor do mundo. O número de casos da doença caiu 99% desde 1988, passando de 350 mil para pouco mais de 200 casos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).


Outras Notícias
Crea Julho
Unochapecó
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro