Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

AÇÃO ROTÁRIA

Rotary de Xaxim promove ação para erradicar poliomielite

Entidade irá arrecadar doações em escolas, bancos e comércios
Por: Felipe Giachini
21/10/2016 13:43 - Atualizado em 25/10/2016 13:58
Campanha inicia dia 24 deste mês e segue até 10 de novembro (Foto: Divulgação/LÊ) Campanha inicia dia 24 deste mês e segue até 10 de novembro (Foto: Divulgação/LÊ)

A Campanha do Rotary Club de Xaxim “Junte-se a nós para combater a paralisia infantil. Doe uma gotinha. Salve uma criança. Doe R$ 1,00 ou mais!” faz parte da ação de todas as entidades rotarianas do mundo em alusão ao Dia Mundial de Combate a Pólio, no próximo dia 24. Urnas serão disponibilizadas em escolas estaduais e municipais, bancos e comércios xaxinenses para arrecadar valores para a aquisição de vacinas para as crianças afetadas pela doença, que ainda preocupa o Afeganistão e o Paquistão, com ideia de eliminá-la, como aconteceu com a Varíola, em 1980.

O Rotary participa a 31 anos dessa campanha para eliminar a paralisia infantil, que também pode ser transmitida por vírus (que se dá através da boca, com material contaminado com fezes - contato fecal-oral -, que pode acontecer quando as condições sanitárias e de higiene são inadequadas). As ações começam na próxima segunda-feira e seguem até o dia 10 de novembro. A comunidade pode doar R$ 1, R$ 2 ou R$ 5. O valor será enviado para a Fundação Rotária, que tem parceria com a Fundação Bill & Melinda Gates, que trabalha com um “fator multiplicador”, ou seja, todo o dinheiro arrecadado pelos rotarianos (em dólar) será acrescentado duas vezes mais pela Fundação Gates. “O Rotary Club de Xaxim convida a todos os xaxinenses que doem em prol dessa causa, pois falta muito pouco para erradicarmos essa doença que atinge crianças do mundo todo. É um último esforço para eliminarmos ela de vez”, reforçou o presidente da entidade xaxinense, Mauro M. Brisola.

A PÓLIO

Poliomielite é uma doença viral que pode afetar os nervos e levar à paralisia parcial ou total. Apesar de também ser chamada de paralisia infantil, a doença pode afetar tanto crianças quanto adultos. A poliomielite foi praticamente erradicada em países industrializados com a vacinação de crianças, inclusive no Brasil, onde a vacina contra a doença foi incorporada à caderneta de vacinas obrigatórias. Mas o vírus causador, no entanto, ainda pode ser encontrado em países da Ásia, como Afeganistão e Paquistão.

De acordo com o Ministério da Saúde, o último caso de poliomielite registrado no Brasil aconteceu em 1989. Atualmente, a cobertura vacinal brasileira contra pólio é acima dos 95% - considerada um exemplo para o restante do mundo. O cenário da doença também melhorou radicalmente ao redor do mundo. O número de casos da doença caiu 99% desde 1988, passando de 350 mil para pouco mais de 200 casos, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS).


Outras Notícias
Segurança Pública - Estelionato - Mobile
Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro