Close Menu

Busque por Palavra Chave

Transparência Criciúma

Aeroporto de Chapecó cresce, conquista categoria seis e deve receber voos da Latam

Por: LÊ NOTÍCIAS
14/09/2017 17:12 - Atualizado em 14/09/2017 18:18
A categoria 6 também deverá atrair novas companhias, que inclusive já manifestaram interesse em operar, como a Latam (Foto: Divulgação/LÊ) A categoria 6 também deverá atrair novas companhias, que inclusive já manifestaram interesse em operar, como a Latam (Foto: Divulgação/LÊ)

O Aeroporto Municipal Serafim Enoss Bertaso de Chapecó está pronto para ser enquadrado em uma nova categoria. A elevação do nível do aeródromo de Cinco para Seis dependia de uma série de investimentos e de muito trabalho, principalmente por parte das autoridades políticas. A conquista, que deve ser homologada pela Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) nas próximas semanas, é resultado da união de esforços dos Governos Municipal, Estadual e Federal.

A Administração Municipal de Chapecó investiu mais de R$ 1 milhão em Equipamentos de Proteção Individual e Equipamentos de Proteção Respiratória, num total de cerca de 200 itens para uso dos bombeiros militares. O prefeito Luciano Buligon articulou junto à Secretaria Nacional de Aviação Civil (SAC) um novo Caminhão de Combate a Incêndios e Salvamento. Dos quatro aeroportos do país contemplados com um novo caminhão da SAC, um deles foi Chapecó. Hoje, duas viaturas preparadas para qualquer tipo de emergência estão em operação na Sessão Contra Incêndios do Aeroporto de Chapecó.

Importante ressaltar a atuação do Governo do Estado de Santa Catarina, por meio Corpo de Bombeiros Militar. O Comandante do 6º Batalhão de Chapecó, Cel Hilton de Souza Zeferino trabalhou para ampliar o efetivo do aeroporto, que precisaria aumentar de quatro para sete militares por turno. “Com o remanejamento de profissionais e a recontratação de bombeiros da reserva, todos com mais de 20 anos de tempo de serviço e devidamente habilitados para a função, conseguimos ampliar o efetivo de aeroporto de nove para 23 militares, atendendo a exigência da Anac para elevar a categoria do nosso aeroporto”, complementou o Cel. Hilton.

Hoje pela manhã estiveram reunidos o Prefeito Luciano Buligon, a equipe da Administração do Aeroporto, o Cel. Hilton e o novo efetivo. Os equipamentos adquiridos foram apresentados à equipe, entre eles, botas, calças e jaquetas antifogo, capacetes, ferramentas e sistemas de comunicação. Agora, tudo será documentado e remetido à Anac para avaliação e homologação da nova categoria.

O prefeito destacou que o Aeroporto de Chapecó é um dos principais triunfos da região para atrair investimentos e que não pode parar de avançar. “É a união de esforços que está permitindo que possamos prosseguir. Eu quero agradecer o trabalho do comando do Corpo de Bombeiros que nos ajudou a vencer essa dificuldade, e agradecer cada um dos militares pela disposição e compromisso em abraçar essa causa. O Aeroporto de Chapecó é de toda a região e vai continuar crescendo”, enfatizou Buligon.

Por que era tão necessário o investimento?

A categoria atual do aeródromo de Chapecó, o nível Cinco, limita 900 operações por trimestre. O Aeroporto Serafim Enoss Bertaso já atingiu essa marca e, por isso, era indispensável investir nas estruturas física e humana da Sessão de Combate a Incêndios. A ampliação do efetivo, a aquisição dos novos equipamentos e o novo caminhão atendem as exigências da Anac e são as principais condicionantes para determinar a elevação do nível da categoria do Aeródromo, que passará a ser Seis.

Essa conquista possibilitará que as companhias Gol, Azul e Avianca, que já operam no aeródromo, utilizem aeronaves maiores e ampliem as rotas e os voos, aumentando a oferta que hoje é reprimida na região. A categoria SEIS também deverá atrair novas companhias, que inclusive já manifestaram interesse em operar aqui, como a Latam, por exemplo. Hoje a média de ocupação nas operações regulares de Chapecó é muito atrativa para as empresas aéreas, 95%, enquanto a média nacional é de 62 a 64%.

Com três companhias operando, e cerca de 45 voos comerciais semanais, o Aeroporto de Chapecó atende um raio de 300 municípios do Oeste de Santa Catarina, Sudoeste do Paraná e Noroeste do Rio Grande do Sul, compreendendo uma população de dois milhões de habitantes. Aproximadamente 35 mil pessoas utilizam o aeródromo mensalmente, entre embarques e desembarques. “Agora o nosso grande desafio é a ampliação do Terminal de Cargas e Passageiros, que também irá melhorar a estrutura física da Sessão de Combate a Incêndios. Já temos um projeto viável que possibilitará dobrar a área física que temos hoje. 10 milhões de reais já foram sinalizados pela SAC. Estamos no aguardo para firmar o convênio e poder licitar a obra”, concluiu o prefeito.


Outras Notícias
Transparência Criciúma 2
Anúncio Radial 2
Palhoça Parques
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro