Lê Notícias - - Debates Sociais | A sensibilidade política...
Close Menu

Busque por Palavra Chave

Debates Sociais | A sensibilidade política da deputada Geovania de Sá

Por: Axe Schettini
20/09/2017 11:52 - Atualizado em 27/06/2022 14:55

De pulso firme durante os trabalhos, seja na política ou na Igreja Evangélica Assembleia de Deus, a deputada federal Geovania de Sá é a prova de que a mulher pode e tem força para desempenhar funções públicas com maestria e retorno social. Dedicada e inovadora, ela aposta nas redes sociais como maneira mais rápida de dar resposta aos seus milhares e eleitores e simpatizantes em Santa Catarina, principalmente no Sul do Estado, onde é seu reduto eleitoral.

Bem articulada dentro do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), no ano passado assumiu a vice-liderança do partido na Câmara, que foi um reconhecimento do seu árduo trabalho durante o impeachment de Dilma Rousseff, além de outros trabalhos desenvolvidos em Brasília, seja por mudanças no Bolsa Família ou até mesmo na Frente Parlamentar Evangélica.

Iniciou a carreira política em 2009, quando foi convidada pelo prefeito Clésio Salvaro para assumir a Secretaria da Assistência Social, exercendo com excelência o cargo que lhe alçou à Câmara de Vereadores em 2012, sendo a vereadora mais votada da história municipal com 5.676 votos. A estrondosa votação fez com que o prefeito lhe convidasse para assumir a Secretaria da Saúde, função que também abriu o leque da Câmara dos Deputados, a qual foi eleita em 2014 com 52.757 votos.

Com chão firme para trilhar na política, a juventude da deputada Geovania mexe com os brios dos alcaides tucanos em Santa Catarina. Devido sua desenvoltura e com portas abertas dentro da classe evangélica, deve receber uma votação grandiosa na eleição de 2018, fortalecendo o partido para, futuramente, quem sabe, buscar o Executivo com a voz das mulheres, tornando-se a primeira governadora do Estado. No atual cenário, Geovania é a única mulher que desponta para, não agora, mas mais a frente, buscar a cadeira máxima catarinense.

Em todos os cantos de Santa Catarina, não se há uma mulher, atualmente, que tenha preparo e articulação para disputar à majoritária, como Geovania apresenta. O mais próximo da eleição de uma mulher foi com Angela Amin, em 1994, quando perdeu no segundo turno para Paulo Afonso por 40 mil votos. Já em 2010 o cenário mudou totalmente, Angela Amin (PP) e Ideli Salvatti (PT) foram derrotadas ainda no primeiro turno pelo governador Raimundo Colombo.

Com os trabalhos excelentemente divulgados, através da coordenação da assessora Haudrey Mafiolete, Geovania segue em passos firmes e largos para uma brilhante carreira política, desbancando, inclusive, outros nomes femininos como Luciane Carminatti, Ana Paula Lima, Carmen Zanotto e Dirce Heiderscheidt. Talvez, com ela, seja a maior oportunidade da mulher catarinense chegar ao cargo máximo estadual. Anotar...


Governo de SC
Prefeitura de Chapecó
Semasa Itajaí
PALHOÇA
Unochapecó
Prefeitura Floripa Junho
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro