Close Menu

Busque por Palavra Chave

Transparência Criciúma

Policial militar que salvou vida de homem é reconhecido e deve ser promovido

Por: LÊ NOTÍCIAS
27/09/2017 09:46
Odair Lauxen foi ao Batalhão da PM em Chapecó agradecer ao soldado Andrade pelo ato de bravura (Foto: PMSC) Odair Lauxen foi ao Batalhão da PM em Chapecó agradecer ao soldado Andrade pelo ato de bravura (Foto: PMSC)

Foi numa tarde da semana passada, na sede do 2º Batalhão de Polícia Militar/Fronteira (2º BPM/Fron) em Chapecó, que compareceu o senhor Odair Jose Lauxen, 41 anos, empresário da construção civil na cidade. Ele foi até o Batalhão para agradecer pessoalmente o soldado Cláudio Andrade, que em um ato de coragem, bravura e demonstração de conhecimento técnico e amor ao próximo, salvou sua vida ao estancar uma hemorragia grave usando quase que somente as próprias mãos.

O fato ocorreu na noite do dia 30 de agosto, quando na rua Guairacá, bairro Passo dos Fortes, o senhor Odair foi separar uma briga e acabou sendo atingido no braço de forma grave por uma facada desferida por um dos indivíduos. A ação provocou um corte profundo, rompendo artérias e tendões e fazendo o sangue praticamente jorrar.

A guarnição do soldado Andrade estava nas proximidades e rapidamente chegou ao local. Enquanto seu colega de guarnição realizava a prisão do autor da lesão, o Soldado Andrade rapidamente, usando apenas um pequeno pedaço de tecido e as próprias mãos, estancou a hemorragia e acalmou o cidadão até a chegada dos Bombeiros que fizeram o socorro e condução ao hospital, em estado considerado grave.

O autor da lesão, um homem de 29 anos, foi preso e encaminhado à Delegacia para as providências cabíveis, juntamente com uma faca de 25 centímetros de lâmina usada no crime.

No outro dia o soldado Andrade foi ao Hospital Regional do Oeste (HRO) onde estava internado o senhor Odair, para visitar e ver como estava seu estado de saúde. Nesse momento o senhor Odair ficou surpreso com a visita do policial e muito emocionado agradeceu pela sua vida, pois segundo a equipe médica, a intervenção rápida do policial foi decisiva para o salvamento, visto que em poucos minutos, até a chegada dos Bombeiros, por exemplo, poderia causar a morte.

Logo que saiu do hospital, no dia 03, com a mão imobilizada, o senhor Odair pediu a sua filha que escrevesse uma carta ao comando do 2º Batalhão, relatando o fato e agradecendo pela ação do policial, mas, além disso, mesmo com o braço enfaixado e cuidando de seus afazeres profissionais, fez questão de ir ao Batalhão, onde pessoalmente agradeceu ao soldado Andrade e ao comando, além de contar sua história aos profissionais de imprensa presentes.

O comandante do 2º BPM/Fron, tenente-coronel Cosme Manique Barreto já determinou que uma sindicância fosse aberta para apurar o fato e verificar a possibilidade de promoção ao policial, pois mesmo com todos os riscos, conforme contou a própria vítima, que seu sangue jorrava na farda e rosto do policial militar, ele não desistiu nem esmoreceu em nenhum momento, mesmo sem saber de quem se tratava, apenas que era um ser humano que precisava de ajuda para viver.

Em nota, a PM explanou “É mais uma ação que vai diretamente ao encontro do nosso objetivo maior de existirmos, que é o de proteger as pessoas, num trabalho feito por pessoas do bem, para o bem das pessoas.”


Outras Notícias
Transparência Criciúma 2
Anúncio Radial 2
Palhoça Parques
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro