Lê Notícias - Polícia - Suspeitos de homicídio qualificado têm prisão...
Close Menu

Busque por Palavra Chave

Sebrae

Suspeitos de homicídio qualificado têm prisão decretada em Vargeão

No dia 13 de dezembro de 2023, por volta das 10h30, os suspeitos compareceram à residência da vítima, ocasião em que, com um revólver calibre .38, efetuaram três disparos de arma de fogo à queima-roupa, empreendendo fuga em um veículo de propriedade da esposa de um deles.

Imediatamente, a Polícia Civil e passou a empreender diligências, sendo realizada a oitiva da testemunha ocular dos fatos.

A testemunha informou que estava na casa da vítima, quando viu um dos indivíduos chegando ao local, usando calça marrom e balaclava, apontando a arma de fogo para a vítima e efetuando três tiros contra a ofendida, empreendendo fuga em conjunto, no automóvel.

Em trabalho conjunto, policiais civis e policiais militares prontamente encontraram o veículo automotor utilizado na fuga, abandonado, com a referenciada balaclava e a calça marrom citada pela testemunha.

O Polícia Científica foi acionada e colheu elementos essenciais à apuração dos fatos.

Outras testemunhas importantes prestaram depoimentos e, embora realizada diversas diligências, os suspeitos não foram encontrados no mesmo dia 13, mas sim na mesma semana.

Diante dos elementos probatórios colhidos, a autoridade policial representou pela prisão temporária dos investigados, sendo prontamente deferida pela autoridade judiciária competente, após manifestação do membro do Ministério Público.

No final da tarde do dia 15 de dezembro de 2023, a autoridade policial, na companhia com os policiais civis de Vargeão, Ponte Serrada e Xanxerê, logroy êxito em localizar os investigados, ambos de 23 anos e efetuar as suas respectivas prisões.

A DECRETAÇÃO DA PRISÃO PREVENTIVA

Na tarde de ontem (12), a Polícia Civil de Vargeão colheu novos elementos probatórios em desfavor dos suspeitos do crime de homicídio qualificado, os quais comprovam quem um dos investigados possuía a arma de fogo calibre .38, mesma arma utilizada para a prática do crime hediondo.

Ainda na noite de ontem, o delegado Elder Arruda Chaves representou pela conversão da prisão temporária, o qual venceria às 00h do dia 14 de janeiro, pela prisão preventiva dos suspeitos.

O Ministério Público se manifestou de forma favorável pela segregação dos responsáveis pelo crime, medida cautelar que foi deferida pela autoridade judiciária competente, na tarde de hoje (13).

Na posse dos mandados, os policiais civis deram cumprimento à decisão judicial. O inquérito policial será concluído no prazo de até 10 dias e os investigados permanecerão presos por prazo indeterminado.


Outras Notícias
Prefeitura de Chapecó
Semasa Itajaí
Unochapecó
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro