Close Menu

Busque por Palavra Chave

Ser copiado é uma honra

Por: Marcos Schettini
26/10/2016 10:05 - Atualizado em 26/10/2016 14:35
(Foto: Divulgação/LÊ) (Foto: Divulgação/LÊ)

O ato de escrever, como sempre foi o estilo do Satélite, sempre estimulou outros a copiarem seu modo de trabalho porque, curto e de raciocínio rápido, faz o leitor se pregar completamente à coluna. O responsável pelo espaço sempre tomou o cuidado, em todos os jornais que escreve, a fazer um método rápido de leitura porque o assinante gosta de ter, com conteúdo e ousadia, o incentivo a ler tudo que lhe chega com graça e inteligência. Por isso que, copiado por muitos, falta o conteúdo que é próprio. Quem lê, sabe distinguir o original. Como tudo, sempre tem quem, sem criatividade, não tem a capacidade de criar, do nada, para atrair o todo.

Mexendo

Lírio Dagort e Adriano Bortolanza foram, novamente, à Florianópolis para ajudar na campanha de Angela Amin e aproveitar para incrementar os contatos. Foram recebidos pelo secretário César Grubba para discutir as câmeras de monitoramento e pedir segurança.

Igualmente

Com o cel. Paulo Henrique Henn, acertou para que o quartel de Xaxim seja transformado em Companhia e assim adquiri mais policiais militares. O comandante da PM de SC deu o aval e vai ser enviado para a Assembleia o encaminhamento.

Articulador

Muitos do PP já se mostram arrependidos de terem caído no conto da carochinha ao cometer o erro de disputar a eleição. Foi este equívoco que deixou nomes de força no partido fora da Câmara. Vai precisar que Lírio Dagort busque os entendimentos.

Carochinha

Embora um grupo cheio de dor de cotovelo pela derrota e, pior, ficar em terceiro, venha exigindo que o PP faça oposição e se junte ao PMDB, isso não vai ocorrer porque não é da natureza do partido. Quem quer oposição são os de enxaquecas.

Tempo

Aos poucos, os derrotados do PP que insistem em manter a distância do governo Lírio e Adriano, vão novamente sendo vencidos. Não falam a lógica que é a aproximação. Nem o PMDB acredita nisso porque sabe que, depois, se afinam.

Afinação

Os entendimentos vão acontecendo conforme o andar da carruagem e, mais à frente, volta o modelo que deveria ter ido para as urnas, mas não aconteceu por que os progressistas caíram na trilha do erro e no interesse de um ou outro equivocado.

Prejudicado

Quadros de grande valor moral, Darci Lopes é um deles, foi prejudicado longamente. Decidido a não disputar uma eleição, foi levado ao erro. Sem mandato, na altura da sua vida, fica sozinho segurando a rocha às costas. Cadê o candidato a prefeito derrotado?

Excelente

O PMDB mostrou todo seu vigor, força e capacidade de articulação na eleição. O PP deveria ter ido de vice dos ulyssistas. Se não queria o PSD, poderia ter assumido a coligação tranquilamente. Fabio Cordenonsi sempre teve ação política duvidosa e foi azedo para o PP.

Formidável

Fabio Cordenonsi também foi enganado. Estimulado a buscar uma candidatura na cabeça, fica com a conta, mordendo o palito do sorvete. Poderia ter sido, hoje, o vice que Adriano Bortolanza, inteligentemente, construiu e venceu na casa deles.

Leitura

Adriano Bortolanza estimulou os equivocados a tomarem a decisão que levou-os, todos, à guilhotina. Rapaz inteligente, agora desfruta do status de vice ao lado de Lírio Dagort que ele, antes, estimulava no MAFIA. Chapa pura e feliz com o resultado.

Ataques

A sociedade não esqueceu o ocorrido na eleição com os áudios e vídeos sobre o vereador Maroco que, fora do pleito, teve seus falsos amigos que o enganaram na sua boa fé e colocaram em xeque sua moral e história, que jamais vai esquecer.

Estratégia

Maroco teve, pelo grupo do MAFIA, o estímulo para manter sua candidatura a vice. O objetivo foi, com chapa pura do PSD, garantir a saída do PP da jogada e deu certo. Amarildo foi usado, o tempo todo, por uns poucos falsos indivíduos do grupo das terças. Mas venceu.




Covidômetro - Florianópolis
IPTU São José - 2021
Governo do Estado - Juntos somos mais fortes
Prefeitura de Palhoça - IPTU
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro