Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

Qual a melhor idade para se viver?

Por: Júnior Chisté
18/10/2017 10:43 - Atualizado em 18/10/2017 10:44

Hoje quero escrever aos da minha idade!

Sim, aqueles das décadas de 70, 80, e até da década de 60.

Os jovens de hoje acham que somos ultrapassados ou coisa parecida.

Enganam-se!

Hoje vive-se mais, muito mais, nunca se viveu tanto.

Hoje há jovens de 80 anos e velhos de 20 anos, conheço muitos assim.

Jovem ou velho não se define pela idade, mas sim pelas ações, pelas atitudes, pelo que se faz.

Conheço jovens de 55 anos que não param de dançar e curtir um bom rock'n roll, enquanto vejo jovens que curtem letras que somente falam em traições, bebedeiras e cair e levantar.

Tem algo mais elementar que isso?

Ser jovem não é ter músculos avantajados e sim ter neurônios e uma mente produtiva que sabe viver.

O que é saber viver?

É saber conquistar todo dia a mesma mulher, é estar com a mesma mulher em vários e maravilhosos lugares no mundo todo, é caminhar de mãos dadas, é cuidar e trocar ideias a respeito do novo estofado que foi comprado.

Ser jovem é abrir as janelas do carro e os dois juntos curtirem uma boa música dos anos 70 ou 80, dos tempos em que se fabricava música de verdade e juntos sentirem as mesmas sensações.

Olha que chique, hoje os cinquentões são os novos 30.

Os de 60 são os novos 40, e assim sucessivamente.

Só envelhece quem não tem vontade de viver, não tem sonhos a realizar, não faz planos.

A velhice é inter, é espiritual, não é física!

Velho, eu? Velho é a vovozinha!

Eu tenho planos, muitos, muitos planos a cada dia minha mente flui.

Sou um quarentão e tenho ideais para pelo menos os próximos 50 anos.

Isso é ser jovem, isso é viver!

Compreendeu?


Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro