Close Menu

Busque por Palavra Chave

Por que a Efapi tem que ser em outubro? Não se pode trocar a data?

Por: LÊ NOTÍCIAS
18/10/2017 13:41

Já está mais claro que águas cristalinas que, realizar a feira no mês de outubro, como é da tradição nestes 50 anos, que a chuva, também tradicional nestes dias em que ela é realizada, que desce sem parar, caindo todos os dias, esteve atrapalhando quem gostaria, muito mesmo, de viver sua emoção.

Não é somente uma questão isolada daqueles que vão aos shows apresentados, o entretenimento diário, stands e a gastronomia, mas o ambiente fica ruim. Esmorece, indigna, entristece. Faz cair por terra todo o esforço da equipe que, sem dormir, preparou aquele evento tão importante.

Foi uma Efapi diferente, a melhor em organização e diferencial, mas no aspecto chuva, foi igual as outras ou pior. Choveu todos os dias. Se não foi durante a noite, foi pela parte do dia, sem deixar que o sol ganhasse mesmo o cenário e desse, pela sua presença, o ar de satisfação e proveito pleno do evento.

Sabe-se que, o setor de parque, apenas para citar um, foi cruel. Os brinquedos não tinham como atrair as crianças, principalmente elas, como deveria, com aquelas filas, as pessoas comendo pipoca, algodão-doce, maçã-do-amor e tudo o que está ligado a este tipo de entretenimento.

A chuva não é do homem e, por conta disso, sem controle. Mas é possível, agora com o Radar, ter um mapa antecipado da força do tempo. Por isso, embora também precisa-se estudo de quem é do meio, que sabe como fazer e qual o melhor tempo, que a data seja trocada.

Manter em outubro este evento é dar continuidade às dúvidas. Já virou chavão, entre quem expõe e os organizadores que, se tem Efapi, tem chuva. Vale uma reflexão para que esta possibilidade seja observada para que, em 2019, esta necessidade possa ser levada em consideração.

As pessoas querem feira, querem evento, querem shows. Chapecó é sim a Capital dos Eventos, turismo que já provou ter dado certo. Mas com chuva, as pessoas não querem mais. É verdade que o mapa de presença das pessoas, apresentado pelos setores responsáveis, inclusive com números que não se questiona, poderia sim ser bem melhor.

Quanto ao preço, não é acima do que não se possa pagar. A questão são os valores dentro do parque. Abusos que independem do acompanhamento da realidade que assusta as famílias que querem dar para si o direito de ter um dia de alegria.

Sabe-se que o calendário cai em outubro porque é Dia das Crianças e, por ser feriado da Padroeira do Brasil, tem entradas gratuitas que atrai os familiares. Mas, novamente se afirma, a chuva sempre está deixando a dúvida se vai ou não cair naquele dia.

A prefeitura e seus membros fizeram e faz o que é melhor, mas a data deixa todos, inclusive a Comissão Organizadora, entristecida. Se não mudar, tiver a coragem de alterar as datas, na próxima, como foram nas outras, vai acontecer a mesma coisa.


Palhoça Você em Dia - Mobile
Covidômetro - Florianópolis - Julho
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro