Close Menu

Busque por Palavra Chave

Enterrar o popular e fortalecer a seriedade administrativa de Gelson Merisio

Por: Marcos Schettini
18/10/2017 15:55 - Atualizado em 18/10/2017 17:41

No caso de Gelson Merisio, a estampa de que não é simpático, que não cumprimenta as pessoas, que é frio e etc, são rótulos da oposição que busca dificultar sua chegada. Político que tem estes requisitos, geralmente são demagogos e aproveitadores do processo político. Dando tapinhas nas costas, rindo à beça, bebendo com populares nas bodegas, não significa que esteja preparado para sentar na principal cadeira de Santa Catarina. Para ser governador, a seriedade e competência, sensibilidade aos problemas e capacidade de solução, são roupagens que a classe não tem. O país foi entregue a todo tipo de popular que, com simpatia e tapinha no peito, jogou a nação inteira no inferno. Está no momento de se mudar a rota. Político bom é o administrador que faz em favor das pessoas. É isso que se busca, é disso que se precisa. O restante é fraude.


Movimentação

Gelson Merisio está mexendo forte para construir sua candidatura a governador e, em todas as regiões do Estado, tem deixado sua marca. Não é fácil construir um projeto político no meio de um cenário onde todos também lutam.

Construção

O deputado nascido em Xaxim tem uma missão muito grande para viabilizar este ideal de Poder porque, a resistência, natural em qualquer ambiente político, sempre se opõe. Se fosse fácil, como se pensa, todos seriam.

Igualmente

Como dentro do PMDB há quem queira os nomes de Udo Döhler ou Mauro Mariani de Joinville, há quem queria Eduardo Pinho Moreira, atual vice e possivelmente governador em 2018 na saída de Colombo. Tem Dário Berger...

Espaço

Se o pretendente não buscar a construção de seus ideais, quem é que vai fazer isso por ele? Política é ousadia, capacidade de organização e articulação. Quem está no jogo, sabe que precisa fazer o possível para acontecer de fato.

Brecha

Caso deixe abertos os espaços, seus adversários, principalmente interno, lugar onde é a parte mais difícil para consolidar um ideal de Poder, é imediatamente atropelado. Se isso ocorrer, não levanta mais. Política é atropelar.

Dúvida

O cenário de dúvida que paira sobre os céticos, também contamina a militância interna dos partidos. No caso do PSD, pelo fato de João Rodrigues ter uma forte inserção popular, há quem defenda sua majoritária. O mesmo no PMDB.

Alfaiate

Costuras para que o desenho seja a seu favor, conhece os tropeços, ataques dos adversários, externo e interno. Não existe candidatura a governador que seja fácil. Ela sempre vai ter resistência porque, como se sabe, todos querem o cargo.


Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro