Close Menu

Busque por Palavra Chave

CONHEÇA O ELEITO:

“Vamos precisar do PMDB ou PSD para chegar à presidência”, diz Maier

Por: LÊ NOTÍCIAS
26/10/2016 11:51 - Atualizado em 26/10/2016 11:52
(Foto: Arquivo/LÊ) (Foto: Arquivo/LÊ)

Com 31 anos, Agenor Junior Maier (PP) é o vereador mais jovem da Câmara de Xaxim na legislatura 2017-2020. Esta é a segunda vez que Maier é eleito, sendo que na primeira vez que disputou o pleito ficou suplente, atuando como secretário da Mulher, Juventude e Terceira Idade.

Reeleito com 426 votos, Maier aceitou o convite para ser candidato por diversos fatores. “Primeiramente pela condução dos trabalhos do partido por dois anos, também pelo apadrinhamento de filiados e candidatos e também porque quando o PP resolveu que teria candidato à majoritária, aceitei o desafio para ajudar o partido”.

Maier explica que nesta eleição de 2016 havia possibilidade dele disputar a majoritária, pois conversas vinham acontecendo há dois anos. Em uma possível coligação com o PSD, mas não se efetivou. Em um segundo momento, em diálogos com a coligação os demais partidos, definiu-se o nome do Fabio Cordenonsi para representar o partido.

Contudo, Maier não descarta e almeja um dia disputar a uma vaga no Poder Executivo. “Todos que estão na vida pública anseiam sonhar alto, mas tudo depende do trabalho realizado e as futuras conjunturas políticas”.

Dentro Câmara de Vereadores se define com uma pessoa de diálogo e cobranças. Para o próximo mandato, a tendência é que Maier mantenha sua conduta de cobrança, mas sempre dialogando com todos os partidos. “A Câmara é independente do prefeito e o gestor público não precisa se preocupar com os vereadores, pois tudo que for do interesse da sociedade será aprovado”.

Questionado sobre presidir a Câmara em 2017, o jovem vereador diz que esse tema ainda é prematuro, tendo em vista que a terceira via tem quatro vereadores e vai precisar do apoio do PMDB ou PSD para chegar à presidência. “Embora a eleição ocorra entre os vereadores, não quer dizer que você estará apoiando um dos lados. O trabalho é independente, sem estar atrelado a nenhum dos lados”.

Deste mandato que se encerra, Maier avalia que a Câmara cumpriu como seu papel de diálogo e bom relacionamento com o Poder Executivo. No entanto, deixou a desejar no quesito cobrança, mas muito mais pelo interesse em auxiliar em colaborar com o governo para que as coisas funcionassem. “Na Câmara, nós sempre procuramos orientar o prefeito em relação às contas públicas, que teria problemas, mas não obtivemos êxito”, finaliza.


Outras Notícias
OktoberFest
CORAÇÃO DE SC
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro