Lê Notícias - Região - Santa Catarina apresenta menor taxa de analfabetismo do Brasil
Close Menu

Busque por Palavra Chave

Sebrae

Santa Catarina apresenta menor taxa de analfabetismo do Brasil

Por: LÊ NOTÍCIAS
20/05/2024 10:17 - Atualizado em 20/05/2024 10:31
Ricardo Wolffenbüttel/Secom Santa Catarina tem a menor taxa de analfabetismo do Brasil, com 2,67% da população de 15 anos ou mais não sabendo ler ou escrever, segundo o Censo 2022 do IBGE Santa Catarina tem a menor taxa de analfabetismo do Brasil, com 2,67% da população de 15 anos ou mais não sabendo ler ou escrever, segundo o Censo 2022 do IBGE

Santa Catarina tem a menor taxa de analfabetismo do país entre pessoas de 15 ou mais: apenas 2,67% não sabem ler ou escrever. A taxa de analfabetismo do estado é a menor entre todas as unidades da federação do país. No Brasil, o índice ficou em 7%, com 11,4 milhões de pessoas analfabetas. Os números foram revelados na sexta-feira (17), pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e são referentes ao Censo de 2022.

Comparada ao Censo 2010, a taxa de analfabetismo em SC sofreu queda de 1,7 ponto percentual. Há 12 anos, eram 4,1% das pessoas com 15 anos ou mais, que não sabiam ler ou escrever. Em números absolutos, a redução foi de 37.266 pessoas analfabetas no período.

“Estar alfabetizado é ter dignidade. É uma porta aberta pra acessar mais conhecimento, mais informação, ter autonomia. Em Santa Catarina a gente investe na educação de qualidade da base ao ensino superior. Pra formar cidadãos integrais, pra que possam ir atrás dos seus sonhos, ter uma profissão, pra que acessem um emprego”, disse o governador Jorginho Mello.

A Secretaria de Estado do Planejamento (Seplan) celebra o resultado catarinense, que evidencia um progresso significativo na área de educação e desenvolvimento humano. Segundo o secretário do Planejamento, Edgard Usuy, a alfabetização está ligada ao desenvolvimento socioeconômico do estado. “Crianças que crescem em ambientes onde os adultos são alfabetizados têm melhores desempenhos escolares, melhores oportunidades no mercado de trabalho, o que perpetua um ciclo virtuoso de desenvolvimento educacional e socioeconômico. Hoje vemos que em Santa Catarina, a taxa de alfabetização além de ser a maior do Brasil é também maior que a média da OCDE, o que vai nos propiciar um futuro com mais inovação, mais empregos, maior produtividade e, assim, maior rendimento para as famílias catarinenses.”

INVESTIMENTOS ESTADUAIS

O Governo de Santa Catarina tem investido continuamente em políticas públicas voltadas para a educação básica e a erradicação do analfabetismo, proporcionando recursos e apoio tanto para crianças quanto para adultos que não tiveram a oportunidade de se alfabetizar anteriormente.

Desde o primeiro ano da nova gestão, a Secretaria de Estado da Educação trabalha na construção da Política de Alfabetização do Território Catarinense, em regime de colaboração com a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime/SC) e outras instituições. Além disso, o Estado tem a oferta contínua de turmas de alfabetização dentro dos 40 Centros de Jovens e Adultos (Cejas) e de 52 unidades prisionais.

“Os esforços conjuntos entre Governo, sociedade civil e instituições privadas têm sido essenciais para alcançarmos esses resultados. Continuaremos a investir em educação como um meio de garantir um futuro mais próspero e justo para todos os catarinenses”, destacou o secretário da Educação, Aristides Cimadon.

MUNICÍPIO COM A MENOR TAXA DO PAÍS É CATARINENSE

Dos mais de 5,5 mil municípios brasileiros, São João do Oeste é a cidade com a menor taxa de analfabetismo do país. O município do Extremo Oeste catarinense teve uma taxa de menos de 1% em 2022. Além disso, dos 10 municípios brasileiros com a menor taxa de analfabetismo, quatro são catarinenses. Florianópolis é o 10º município brasileiro com menor taxa de analfabetismo e é a Capital com a menor proporção de pessoas de 15 anos ou mais que não sabiam ler e escrever.


Outras Notícias
Prefeitura de Chapecó
Semasa Itajaí
Unochapecó
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro