Close Menu

Busque por Palavra Chave

Presidente da Chape rebate declarações sobre suposto esquema de corrupção

Por: LÊ NOTÍCIAS
01/12/2017 17:22
Coletiva foi realizada na tarde desta sexta-feira (1º), na sede do clube (Foto: Divulgação/LÊ) Coletiva foi realizada na tarde desta sexta-feira (1º), na sede do clube (Foto: Divulgação/LÊ)

O presidente da Chapecoense, Plinio David De Nês (Maninho), em coletiva realizada na tarde desta sexta-feira (1º), disse que vai processar o empresário Rodolfo Forte Neto pelas declarações nesta manhã. O departamento jurídico da Chapecoense disse que tem provas e que vai tomar todas as medidas judiciais necessárias. "Com calma vamos mostrar todos os detalhes desta pessoa", disse o presidente.

RELEMBRE

Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (1º), no Lang Palace Hotel, o empresário Rodolfo Forte Neto denunciou um suposto esquema de corrupção envolvendo o presidente da Chapecoense, Plínio David De Nês, o Maninho.

Segundo Rodolfo, que possui autorização para negociar internacionalmente pela Chapecoense, inclusive com a Companhia Qatar Airways, através do sheikh Hamad Bin Khalifa Al Than, o clube catarinense iniciou uma negociação de US$ 21 milhões por três anos, para ser o patrocinador master do clube.

Mas de acordo com o empresário, o presidente Maninho possuía esquema com um amigo chamado Fernando Albino, onde tudo seria negociado em um escritório em Chapecó, longe da Associação Chapecoense de Futebol, quando uma porcentagem do contrato seria repassada para ambos.

O empresário que se diz envolvido com os negócios do mundo árabe, também afirmou que foi afastado dos negócios envolvendo os jogos do Barcelona e Lyon, ficando com os trâmites apenas do confronto contra o Roma, mas foi distanciando das negociatas após a aproximação com os empresários italianos.

“Tudo que era feito internacionalmente estava sendo escondido da Diretoria da Chapecoense. O presidente Maninho, no meu ponto de vista, é corrupto”, disse Rodolfo.

Ele ainda afirmou que o filho do presidente, atual diretor de Marketing da Chapecoense, João David De Nês, está envolvido em todas as negociatas.

Rodolfo ainda afirmou estar realizando esta denúncia apenas agora após a garantia da Chape na Série A, para não abalar a equipe e a cidade, que passa por recuperação emocional após o trágico acidente em novembro de 2016 na Colômbia.


Outras Notícias
Palhoça Você em Dia - Mobile
Alesc - Julho
Radial Julho
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro