Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

COMPROMISSO

Segurança Pública foi assunto entre Lírio, Adriano e Grubba

Próximos gestores de Xaxim reuniram-se com o secretário de Estado
Por: Felipe Giachini
27/10/2016 11:04 - Atualizado em 27/10/2016 15:01
Reunião aconteceu na Secretaria, em Florianópolis (Foto: Divulgação/LÊ) Reunião aconteceu na Secretaria, em Florianópolis (Foto: Divulgação/LÊ)

A pouco mais de dois meses para assumir o Executivo xaxinense, o prefeito e vice eleitos, Lírio Dagort e Adriano Bortolanza (PSD), seguem articulando com autoridades municipais, estaduais e federais para conseguir por em prática os compromissos firmados na campanha eleitoral logo ao tomarem posse. Na última terça-feira (25) eles se reuniram com o secretário de Segurança Pública de Santa Catarina, César Augusto Grubba, para discutir sobre o futuro da Segurança de Xaxim, sobretudo relacionado às câmeras de videomonitoramento, previstas para serem instaladas ainda no ano passado.

Lírio e Adriano reuniram-se também com o propósito de um pedido para que Xaxim passe a ser Companhia da Polícia Militar - atualmente é Pelotão. A solicitação foi enviada ontem para o Governo do Estado para que Xaxim e também Abelardo Luz sejam contemplados como Companhia e Xanxerê como Batalhão. “Dessa forma poderemos aumentar o policiamento do nosso município e melhorar nossa segurança”, expôs Lírio. Quanto às câmeras de segurança, o futuro chefe do Executivo informou que estas deverão ser instaladas com maior prioridade possível. “Isso prova o árduo trabalho que Lírio e Adriano já estão fazendo antes mesmo de assumir em 1º de janeiro”, destacou.

Relembre

O Programa Bem-Te-Vi, convênio entre a Administração Municipal, a Secretaria de Segurança Pública de Santa Catarina (SSP-SC) e a Polícia Militar visa ampliar a segurança dos munícipes xaxinenses e desde 2013 está sendo discutido. Em Xaxim, o investimento, conforme o projeto, deverá ser compartilhado entre o Estado e a prefeitura. Do valor total, R$ 108.322,50 serão de recursos municipais e R$ 142.522,50 provenientes do Estado. Os postes que irão receber as 10 câmeras de videomonitoramento já estão posicionados nos locais escolhidos de acordo com a demanda, porém os equipamentos ainda não foram colocados. Possíveis atrasos na documentação impediram que estes fossem instalados.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro