Close Menu

Busque por Palavra Chave

MUITA ÁGUA: Florianópolis registra 400mm de chuva em cerca de 72h

Por: LÊ NOTÍCIAS
11/01/2018 15:32
Avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição (Foto:  Marco Favero/Diário Catarinense) Avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição (Foto: Marco Favero/Diário Catarinense)

A chuva que afeta o litoral de Santa Catarina, especialmente Florianópolis, já causou uma morte em São João Batista, na quarta-feira, uma outra morte na Capital, nesta quinta, e dois desaparecidos, um homem em Balneário Camboriú e outro em Florianópolis, além de causar danos materiais e inúmeros transtornos para a população. A prefeitura da Capital decretou situação de emergência e orienta os moradores a não saírem de casa.

Florianópolis registrou 400mm de chuva desde a segunda-feira — o maior volume no Estado. As principais rodovias estaduais que dão acesso ao Norte, Sul e Leste da Ilha estão parcialmente interditadas por causa dos alagamentos. Polícia Militar Rodoviária, Defesa Civil, Bombeiros e Município atuam para amenizar os problemas de mobilidade. O transporte coletivo da cidade também foi afetado e funciona com 40% da capacidade. Além disso, o Município está solicitando cancelamento dos eventos programados para esta quinta.

No final da manhã desta quinta-feira foi confirmada a morte de homem no bairro Itacorubi. Ele foi arrastado pela enxurrada durante a manhã. Além disso, uma outra pessoa está desaparecida no Morro do Quilombo.

Quem precisa de abrigo pode procurar os dois espaços disponíveis pela Prefeitura — a Escola Donícia Maria da Costa, no bairro Saco Grande, e a Passarela Nego Quirido, no Centro. Já os pedidos de ajuda devem ser direcionados para a Defesa Civil (199), os Bombeiros (193) ou a Polícia Militar (190).

Situação na Grande Florianópolis

O maior volume de chuva e de ocorrências ocorre na Capital, onde o trânsito está complicado em todas as regiões (confira abaixo). Há diversos registros de alagamentos e deslizamentos pela cidade. No bairro Itacorubi, um prédio foi inundado e os carros que estavam no estacionamento ficaram encobertos após um rio transbordar. No sul da Ilha, moradores tiveram suas casas alagadas e contabilizam prejuízos em bairros como Rio Tavares e Campeche. No Ratones, Norte da Ilha, uma ponte caiu e moradores ficaram ilhados.

Na SC-401, Na rodovia SC-401 sentido Norte da Ilha, na altura do número 3.700, o asfalto do acostamento da pista cedeu e deu lugar a uma imensa cratera. Por hora, apenas o acostamento está interditado. Deinfra já trabalha no local.

Confira os detalhes das rodovias em Florianópolis:
SC-401, Norte da Ilha:
pista está parcialmente interditada em ambos os sentidos, principalmente na altura de Cacupé.
SC-404, Lagoa da Conceição: há dois pontos de interdição parcial. Um deles é no ponto conhecido por Trevo do LIC. O segundo e mais complicado é próximo à Alameda Casa Rosa, onde a rodovia está cedendo.
SC-405, Sul da Ilha: no Rio Tavares há pontos de alagamento e está interditada. Um caminho alternativo é via Base Aérea, que fica liberada nos dois sentidos até às 19h desta quinta-feira e entre 7h e 19h de sexta.
SC-406, entre a Barra da Lagoa e a Praia Mole: há desmoronamento de terra no local. Retroescavadeiras estão sendo mobilizadas para limpar a pista.

No continente, há registro de dois deslizamentos em Biguaçu. Enquanto em São José aconteceram 40 deslizamentos de terra.


Com informações do Diário Catarinense.


Outras Notícias
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro