Close Menu

Busque por Palavra Chave

Guarujá - SP - Mobile

FENÔMENO

Possível microexplosão atmosférica deixa rastro de destruição no interior de Marema

Por: LÊ NOTÍCIAS
23/01/2018 20:45 - Atualizado em 23/01/2018 21:49
Bombeiros de Xaxim e Quilombo atenderam urgentemente a comunidade (Foto: Corpo de Bombeiros) Bombeiros de Xaxim e Quilombo atenderam urgentemente a comunidade (Foto: Corpo de Bombeiros)

O possível acontecimento do fenômeno climático microexplosão que atingiu a linha Carlos Gomes, no interior de Marema, no final da tarde desta terça-feira (23), por volta das 18h10, é uma nuvem carregada de ar, água, granizo e acompanhada de ventos intensos que atingem até 120 km/h.

Este fenômeno atingiu a superfície, deixou a casa do senhor Jair Rossoni parcialmente destruída e vitimou uma idosa de 70 anos, que teve ferimentos leves e foi encaminhada ao Hospital Frei Bruno, em Xaxim. Outras três residências foram destelhadas e também houveram registros de árvores que foram arrancadas pela força dos ventos.

Segundo o Corpo de Bombeiros, um morador relatou que teria se formado, dentro do rio, um cone de água muito alto, com fortes rajadas de vento.

As equipes do Corpo de Bombeiros de Xaxim e de Quilombo atenderam a ocorrência.

Microexplosão

Conforme o meteorologista Leandro Puchalski, microexplosão é quando uma forte rajada de vento sai da base da nuvem em direção ao solo, provocando um forte estouro que deixa quase uma linha reta de destruição, especialmente árvores tombadas para o mesmo lado.


ASSISTA:

Soldado Brites, do Corpo de Bombeiros, registrou o local por onde passou a possível microexplosão atmosférica na comunidade de Carlos Gomes, no interior de Marema.


Outras Notícias
Alesc - Outubro - Mobile
Fiesc Outubro - Mobile
Zagonel - Outubro - Mobile
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro