Close Menu

Busque por Palavra Chave

Tempestade vinda da Argentina deixa Defesa Civil em alerta em Santa Catarina

Por: LÊ NOTÍCIAS
24/01/2018 15:16
Equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros monitoram a mudança climática em SC (Foto: Divulgação/LÊ) Equipes da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros monitoram a mudança climática em SC (Foto: Divulgação/LÊ)

Por volta das 14h30 desta quarta-feira (24), a Defesa Civil de Santa Catarina emitiu um alerta para chuva intensa no Extremo-Oeste, Oeste, Meio Oeste, Planalto Norte e Sul. Ainda, segundo outro aviso meteorológico da Epagri/Ciram, há possibilidades de pancadas de chuva, com temporais localizados entre a tarde e noite, acompanhados de descarga elétrica, fortes rajadas de vento (acima de 60 km/h) e granizo isolado. Sendo que as chuvas, mesmo de curta duração, podem ser de forte intensidade, acumulando pontuais de 30 a 60mm em uma hora. Segundo as meteorologistas da Epagri/Ciram, Laura Rodrigues e Marilene de Lima, o fenômeno climático ocorre devido ao forte calor com passagem de frente fria.

De acordo com o major Walter Parizotto, comandante do 14º Batalhão de Bombeiros Militar, em Xanxerê, uma força-tarefa foi colocada de sobreaviso em função do risco meteorológico.

RECOMENDAÇÕES DA DEFESA CIVIL/SC

Alagamentos/inundações: evitar o contato com as águas e não dirigir em lugares alagados. Evitar transitar em pontilhões e pontes submersas e cuidado com crianças próximas de rios e ribeirões.

Deslizamentos de terra: deve ser observada qualquer movimento de terra ou rochas próximas a suas residências, inclinação de postes e árvores e rachaduras em muros ou paredes. Neste caso, é recomendável que a família saia de casa e acione a Defesa Civil Municipal 199 ou Corpo de Bombeiros 193.

Tempestades com descargas elétricas (raios), ventos fortes e granizo: Proteja-se em local abrigado, longe de placas, de árvores, de postes de energia e de objetos que podem ser arremessados. Se não encontrar um abrigo, agache-se com os pés juntos, com a cabeça encostada em seu peito ou entre os joelhos e as mãos cobrindo suas orelhas ou apoiadas em seus joelhos. Se estiver na praia, jamais fique na água. Não olhe para o raio. Se estiver em casa ou qualquer outro local abrigado, desligue os aparelhos eletrônicos, não use o telefone, fique longe das janelas e lembre-se, o banheiro em alvenaria é o melhor local durante uma tempestade!


Outras Notícias
Alesc - Julho
Fiesc Setembro
Zagonel
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro