Close Menu

Busque por Palavra Chave

IMUNIZAÇÃO

Vacina contra febre amarela está disponível nas salas de vacinas de Xaxim

Por: LÊ NOTÍCIAS
30/01/2018 09:11
As salas de vacinas do município atendem das 7h40 às 11h20 e das 13h20 às 16h50 (Crédito: Divulgação/LÊ) As salas de vacinas do município atendem das 7h40 às 11h20 e das 13h20 às 16h50 (Crédito: Divulgação/LÊ)

Motivo de preocupação em todo o País, o surto de casos suspeitos de febre amarela em algumas regiões de Santa Catarina também preocupou os xaxinenses e elevou a procura pela dose da vacina no município. De acordo com a Enfermeira e Coordenadora da Vigilância Epidemiológica de Xaxim, Elisete de Souza, a vacina que protege da doença consta no Calendário de Vacinação e é ofertada a todas as crianças acima de nove meses de idade e adultos. Aos idosos, ainda segundo a Elisete, é necessária a apresentação de receita médica no ato da imunização.

Portar a Carteira de Vacinação e o Cartão SUS é imprescindível a todos que procurarem a Sala de Vacinas do ESF Central, que atende todos os dias e a Sala de Vacinas da ESF Santa Terezinha, que atende nas terças-feiras e quintas-feiras. Além desta orientação, a Enfermeira Elisete salienta que a vacinação contra febre amarela inicia pela manhã e segue, rotineiramente, até a metade da tarde quando o frasco com as doses termina. “O frasco com as dez doses tem breve duração após aberto. Desta maneira, o frasco é aberto pela manhã e as doses são aplicadas durante o dia. A partir das 15h, frascos não são mais abertos para evitar o desperdício das doses restantes”.

Ainda, a recomendação do Ministério da Saúde, que é repassada pela Secretaria Municipal de Saúde, é de que o reforço da vacina contra febre amarela não é mais necessário. “Aqueles que já foram imunizados, mesmo que a mais de dez anos, não precisam mais receber o reforço, pois estão protegidos contra a doença”. As salas de vacinas do município atendem das 7h40 às 11h20 e das 13h20 às 16h50.

A DOENÇA

A febre amarela é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus transmitido por mosquitos infectados. Em área rural ou de floresta, os macacos são os principais hospedeiros e a transmissão ocorre pela picada dos mosquitos transmissores infectados. As manifestações iniciais da doença são febre alta de início súbito, sensação de mal estar, dor de cabeça, dor muscular, cansaço, calafrios, náuseas e vômitos.


Outras Notícias
Covidômetro - Florianópolis - Maio
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro