Close Menu

Busque por Palavra Chave

Investimentos Criciúma

EXCLUSIVO

Lírio Dagort diz que MDB não gosta de Xaxim e quer atrapalhar a administração

Por: LÊ NOTÍCIAS
04/02/2018 22:54

O relógio marcava 15h50 de sexta-feira (02) quando o prefeito de Xaxim, Lírio Dagort (PSD), abriu a porta do gabinete municipal para receber a reportagem do jornal LÊ NOTÍCIAS. Com ética e simpatia de um inteligente homem público, recebe-nos na mesa de reuniões, deixando de lado a principal cadeira do município, mostrando humildade e carisma. Animado e sorridente, o homem que administra Xaxim se disse disposto e feliz pelos resultados que o município colheu no primeiro ano de gestão.

Ao LÊ, falou da sua posse na diretoria da Federação Catarinenses dos Municípios (Fecam), do valor atual da dívida municipal, do recente financiamento de R$ 1,5 milhões com o Badesc, da maneira como o MDB age na Câmara de Vereadores e contou sobre as festividades de 64 anos de Xaxim. Acompanhe a entrevista completa:


LÊ: O que representa para Xaxim a participação do prefeito Lírio como 3º vice-presidente na Fecam?

Lírio: Primeiramente quero agradecer a Amai, pela qual fui indicado pela maioria dos prefeitos, sendo o único da região indicado para a diretoria. No ano passado nós fizemos parte do Conselho Fiscal, onde tivemos uma excelente atuação e, em 2018 fomos escolhidos para sermos o terceiro vice-presidente da Fecam, sendo que fomos empossados na quarta-feira (31). É a primeira vez na história que a Amai vai ter uma representação na diretoria da Fecam e nós queremos, com muito orgulho, fazer um excelente trabalho para a nossa região e para o Oeste catarinense. Para que, todos juntos, possamos melhorar a cada dia mais o relacionamento entre a Associação e Prefeituras. Nós sabemos das dificuldades dos prefeitos e nós queremos qualificar e preparar as pessoas para buscar recursos e podermos assim, fazer um excelente trabalho de treinamento dos colaboradores nas prefeituras.

LÊ: Desde que o senhor assumiu a gestão, Xaxim tem tido uma diferença na administração financeira, que vinha de muitas dívidas, mas o prefeito foi em busca de recursos em Brasília e Florianópolis, atrás dos deputados e de emendas. Como está a situação financeira do município depois de um ano?

Lírio: Na verdade, nossa dívida quando assumimos o mandato era de R$ 24 milhões. Chegou a R$ 29 milhões porque as empresas que tinham créditos com a prefeitura, não foram desempenhadas em 2016. Então, baixamos a conta de R$ 29 milhões para R$ 15, 7 milhões. Em 2018, nós pagaremos cerca de R$ 5 milhões somente de dívidas e vamos diminuir bastante, até porque, com a licitação em andamento, há R$ 2 milhões em recursos próprios para cirurgias, de coluna, de ombro, de joelho, etc. Vamos terminar a fila de aparelhos auditivos. Investiremos R$ 1 milhão em Assistência Social, para ajudar pessoas carentes e que precisam de conserto em suas casas. Então compraremos um terreno para colocar um número significativo de residências para que estas famílias não paguem mais aluguel. Ano passado foi muito difícil, mas em 2018 vai ser melhor.

LÊ: Falando em investimentos, recentemente a Câmara de Vereadores aprovou um financiamento de R$ 1,5 milhões para a compra de máquinas. Como vai funcionar isso? Como vai ser pago para o Badesc? Em que vai beneficiar Xaxim?

Lírio: Nós vamos fazer esse financiamento porque o município está carente de máquinas, serão compradas duas retroescavadeiras hidráulicas, duas retroescavadeiras normais, um rolo compressor e uma BobCat. Mandamos para a Casa e ficamos surpresos mais uma vez com o MDB, que se absteve em votar por nossa cidade, pelo nosso interior e mais uma vez, ficamos tristes com a bancada do MDB, que não votou em favor do nosso financiamento. Especialmente o vereador Ledinho, que é um baluarte dos agricultores, alguém que eu jamais esperaria que ficaria sem votar em favor de um projeto tão importante para os nossos agricultores. Isso nos entristeceu, porque sempre que ele nos pediu algo, prontamente fizemos.

LÊ: A oposição [Josiane, Gildomar e Ledinho] argumentou que o projeto chegou em cima da hora e não houve tempo de estudarem, por isso tiveram que se abster do voto...

Lírio: Eu não acredito nisso, pois estudar o que? O que tem que ser estudado? Isso ai é uma coisa que nós necessitamos. Não compraremos máquinas para deixar paradas.

LÊ: Você acha que a oposição agiu de má-fé?

Lírio: Com certeza! Eles querem atrapalhar o nosso trabalho e não gostam do povo de Xaxim, mais uma vez a prova está ai.

LÊ: Você acha que a oposição em vez de ser inteligente fiscalizando, eles agem para estagnar a Administração?

Lírio: Com certeza. Não querem nos deixar trabalhar. Aqui eles sabem que a fila anda, que nós trabalhamos, já mostramos ano passado, mesmo com a dificuldade que tivemos, não paramos. Estamos com o pé no chão, economizando em todos os aspectos. O valor de R$ 1,29 milhão que economizamos apenas em licitações, compramos mais mercadorias do que eles compraram em 2016. Isso é prova da nossa capacidade de trabalho, nossa maneira de trabalhar e a nossa seriedade, para que possamos baixar custos cada vez mais e poder fazer o melhor para nossa cidade.

LÊ: Como está a relação com os demais partidos na Câmara de Vereadores?

Lírio: Tenho que agradecer à grande maioria dos vereadores, tudo o que nós mandamos lá até hoje foi votado com tranquilidade, não teve problemas maiores, porque o que mandamos para lá é para o bem da nossa cidade, não para o bem de Lírio e Adriano. No meu outro mandato, havia dois vereadores a favor e sete contra. Nunca tive nenhum problema para aprovar os projetos para a nossa população.

LÊ: Em relação ao Maier?

Lírio: Nós temos conversado bastante, tem nos visitado aqui e eu quero parabenizar o trabalho que ele está fazendo. No ano passado devolveu os valores que restaram do Legislativo, realizando uma grande economia na Câmara, sendo um dos presidentes que mais economizou, pois ele tem um trabalho bem diferenciado, então é assim que funciona. Tenho certeza de que a Casa nunca deixou de fazer sua parte e não vai deixar de fazer em 2018.

LÊ: Em relação às economias, recentemente a Prefeitura fez a substituição das lâmpadas de LED na avenida. O que isso gera de economia e quais são os projetos para alterar as lâmpadas nos bairros e outros locais?

Lírio: Temos cerca de 70% de economia com as novas lâmpadas. Agora, nós vamos começar a comprar uma parte de lâmpadas novas para nós irmos até o Santa Terezinha, Chagas e nas ruas principais da cidade. São nossas prioridades, pois nestes bairros há muitas pessoas que trabalham à noite, então vamos priorizar esses caminhos para que todos possam ir até as empresas trabalharem com mais segurança. Eu tenho certeza que até o final do ano serão muitas ruas beneficiadas.

LÊ: Xaxim vai estar em festa em fevereiro, são 64 anos, quais serão as festividades. A corrida e a Feira do Leite?

Lírio: Após muitos anos sem feiras, nos voltamos a fazer uma feira, que é voltada à agricultura, sem shows, aberta ao público gratuitamente e vamos expor para cerca de 60 empresas. Nós gostaríamos que todos prestigiassem e participassem, principalmente os agricultores, pois haverá gado para venda, maneiras de financiamento. Com certeza, vai abrir um leque muito maior ainda para que possamos melhorar nossa genética do gado de leite.

LÊ: A Corrida?

Lírio: Acreditamos que serão mais de 500 participantes. Neste ano teremos o uso de chip em cada atleta para conferir o seu tempo e etc. Isso é inédito para Xaxim. Queremos que mais pessoas venham conhecer a nova Xaxim, que está florida e iluminada.

LÊ: São 64 anos de muita história...

Lírio: Queremos parabenizar todos os prefeitos que passaram por aqui, a todos os vereadores que tiveram sua história marcada nessa cidade, aos nossos xaxinenses. Eu já estou aqui há 35 anos e me sinto um xaxinense, então quero parabenizar a todos e dizer podem contar com o poder público sempre que necessário. Vocês terão orgulho de morar na nossa cidade.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Investimentos Criciúma
Fiesc Setembro
Blumenau pronta para crescer
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro