Close Menu

Busque por Palavra Chave

Fabiana Rodrigues pode entrar na campanha, advogados querem evitar tornozeleira eletrônica e Marcos Viera no...

Por: Marcos Schettini
08/02/2018 15:32

Eduardo Pinho Moreira assume-se

As movimentações do vice-governador estão sendo, pelas medidas que tem tomado, para fortalecer seu poderio à frente do governo. E vai ter tinta suficiente para flertar com os partidos que precisa para fazer seu projeto de poder. Inteligente e hábil, atrai a atenção porque sabe como fazer. Moreira ganhou experiência para ser dono de seu destino e se manter na Casa D’agronômica como titular pleno. Sabe que Gelson Merisio é igualmente uma águia política dentro do tabuleiro. Tem jogado muito com Marcos Vieira, presidente do PSDB que, neste caso, quer o MDB fortalecendo Geraldo Alckmin em SC. E vai ser, na condição de governador que Pinho vai trazer e ser o anfitrião do candidato paulista a presidente. Amigos de longa data, tem o sangue misturado há tempos. Sabe como construir isso. E bem.


Qual o cenário que o PSDB vê em 2018?

O PSDB de Santa Catarina tem projeto, sabe o que quer e aonde quer chegar. Não há qualquer hipótese de o PSDB de Santa Catarina deixar de lançar o seu candidato ao governo do Estado, nas eleições de 2018. O PSDB de Santa Catarina está aberto para outras siglas partidárias que venham a somar na nossa chapa majoritária. Desde o dia 03 de janeiro deste ano, a Executiva Estadual do PSDB vem se reunindo para ratificar as três posições já adotadas desde junho de 2015. A manutenção da unidade partidária, ratificar a candidatura própria ao Governo do Estado em 2018 e as definições sobre alianças eleitorais passam, exclusivamente, pela Executiva Estadual do PSDB de SC.

O governador Geraldo Alckmin patina nas pesquisas em SC. Qual a estratégia para ganhar o eleitor?

A população ainda não conhece os feitos do governador de São Paulo. Assim que tomarem conhecimento sobre a administração tucana dos últimos 24 anos do Estado, que é a locomotiva do Brasil, o nome do governador Geraldo Alckmin ganhará às ruas do Brasil. O PSDB de Santa Catarina tem projeto, sabe o que quer e aonde quer chegar. Não há qualquer hipótese de o PSDB de Santa Catarina deixar de lançar o seu candidato ao governo do Estado, nas eleições de 2018. O PSDB de Santa Catarina está aberto para outras siglas partidárias que venham a somar na nossa chapa majoritária. Desde o dia 03 de Janeiro deste ano, a Executiva Estadual do PSDB vem se reunindo para ratificar as três posições já adotadas desde junho de 2015. A manutenção da unidade partidária, ratificar a candidatura própria ao Governo do Estado em 2018 e as definições sobre alianças eleitorais passam, exclusivamente, pela Executiva Estadual do PSDB de SC.



Mudou

O desfecho da prisão do deputado João Rodrigues gerou a interpretação de que a política, como ela é conhecida, está sofrendo as mudanças do tempo. Se antes fazer as coisas erradas, mesmo mínima, vai ter consequências graves.

Questões

Em Brasília, no STF e Porto Alegre, TRF-4, a informação sobre o uso de tornozeleira no deputado para fins de monitoramento e se, nos finais de semana, sem sessão, ele ficaria preso, são questões que a defesa ainda não apresentou.

Final

Embora esteja aguardando o resultado do chamado embargos declaratórios, a vida pública do deputado João Rodrigues chega a um patamar quase insustentável. Se ficar como está, isto é, preso em Brasília, SC sai do mapa político.

Ela

Provavelmente João deverá usar a carta na manga chamada Fabiane Rodrigues para assumir seu patrimônio eleitoral de 221 mil votos que adquiriu em 2014. Filha de Ireno Matte ensaia entrar na vida pública desde 2016 nas municipais.

Então

José Cláudio Caramori está decidido em disputar para estadual e, pode, se assim entender, assumir o lugar de JR na disputa ao lado de Fabiane. Diante do enfrentamento entre ele e Gelson Merisio pela indicação, saia do PSD rumo ao DEM.

Quieto

O PSD estadual continua silencioso sem dar qualquer resposta do episódio que prendeu o deputado federal. O partido aguarda o desfecho entre a defesa e os embargos declaratórios para ter certeza do que falar e fazer. Só depois de Momo.

Terror

Para o parlamentar que tem uma vida social plena, com atividades frequentes entre amigos e lideranças políticas, ficar preso em Brasília em pleno Carnaval, é um momento insustentável para sua existência. O momento que vive é terremoto.

Insepulto

O caso Marcelino Chiarello que não convenceu os partidos de esquerda, principalmente o PT de Pedro Uczai, vai movimentar novamente o tema entendendo que ele foi assassinado. Entram no desfecho de JR para chamar o debate.

Romaria

Ontem vários prefeitos estiveram presentes no gabinete do deputado Gelson Merisio na Assembleia. Estavam tristes com a prisão de João Rodrigues, mas olham para o processo eleitoral que precisa ser definido para o grito das urnas.

Ele

Júlio Garcia, o mentor da candidatura de João Rodrigues dentro do PSD, não manifestou nada sobre o desfecho da prisão. Tudo começou exatamente pelo calor que a união das duas forças, dele e do deputado, gerou nos céus de SC.

Agora

O tempo certo para lançar JR, diante da possibilidade de garantir a prescrição evitando ocorrer o desfecho agora conhecido, seria agora, depois do carnaval. Agiu antes, despertou os olhos da Justiça para fazer valer sua força e abrir o abismo.

Eles

Os prefeitos que foram visitados para acompanhar JR rumo ao Democratas e garantir a manutenção da Tríplice Aliança, recuam. Mantém o projeto agora com Gelson Merisio porque não teria como trocar por uma causa que ruiu.




Anúncio Radial 2
Campanha Infraestrutura - Mobile
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro