Close Menu

Busque por Palavra Chave

Se contentamos com o NORMAL!

Por: Júnior Chisté
16/02/2018 19:06

Amigo e amiga leitora, desde quando você passou a se contentar com tão pouco, a aceitar tudo de forma tão comum?

Hoje você tem medo de sair de casa após às nove horas da noite, percebeu?

Medo de deixar seus filhos caminhares sozinhos até a esquina de sua casa, da onde vocês residem?

Você acha normal ler todos os dias crianças sendo abusadas, mulheres sendo agredidas, idosos abandonados e animais maltratados?

Você até ousa fazer alguns comentários em suas redes sociais, tecer alguns comentários em seus grupinhos de Whats, mas na verdade acha tudo muito NORMAL.

Abre a página da chamada "transparência" da prefeitura de sua cidade e lá vê contratações de pessoas ganhando salários exorbitantes e com funções que jamais sequer leram um livro sobre o assunto e isso é NORMAL, é coisa do Brasil.

Jovens, adultos e idosos, bêbados e drogados perambulando pelas ruas, sujos, sem rumo, vagando noite e dia, e nossas Igrejas, nossa Assistência Social, nossas entidades vendo tudo isso achando NORMAL.

Quando passou ser NORMAL tanta gente pedindo esmolas nas sinaleiras, tantas camas improvisadas pelas calçadas, pelas praças, pelas edificações públicas?

NORMAL as pessoas se ofenderem tanto por qualquer coisa? No trânsito, nas redes sociais, nas escolas, nas sorveterias?

É NORMAL não termos mais empatia por nós mesmos?

É NORMAL tanta falta de sensibilidade pelos nossos professores e por tantas outras classes que mereciam atenção maior?

Poderíamos dizer e dar de ombros pra tudo isso e simplesmente vir com o mesmo blá-blá-blá de sempre "isso não me diz respeito, quero distância de confusão".

Mas são nossos amigos, vizinhos, pessoas que enxergamos todos os dias, e aí? Somos humanos? Ou somos umas porcarias de sobreviventes apenas esperando a morte chegar?

Então você acha NORMAL pessoas roubarem na sua cara, o que é seu?

Irresponsáveis responderem e esfregarem suas nádegas nem oito horas por dia e ganharem por várias pessoas?

Onde foi que nos perdemos?

Como iremos nos encontrar novamente?

Há tantos cínicos se abraçando e não sentindo nada e muitos precisando de um abraço para sentir o que estes jamais sentirão: a compaixão!


Anúncio Radial 2
Campanha Agricultura - Mobile
Campanha Segurança Pública - Mobile
Campanha Santur
Rech Mobile
Alesc Facebook - Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro