Close Menu

Busque por Palavra Chave

OPERAÇÃO ANJO DA GUARDA

Pedófilo de 22 anos é preso em Chapecó e pode ter feito mais de 70 vítimas no Brasil

Detido na manhã desta terça-feira (20), ele foi identificado pelas iniciais E. W. E., de 22 anos (Foto: Reprodução) Detido na manhã desta terça-feira (20), ele foi identificado pelas iniciais E. W. E., de 22 anos (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil do Paraná, com apoio da Polícia Civil de Santa Catarina, prendeu por volta das 6h desta terça-feira (20), no bairro Efapi, em Chapecó, um pedófilo, com as iniciais E. W. E., de 22 anos, que pode ter feito mais de 70 vítimas de nove a doze anos por todo o Brasil.

Na operação denominada de “Anjo da Guarda”, a PC apreendeu na residência do jovem, material contendo cenas de sexo explícito, envolvendo crianças e adolescentes. Através do Facebook, a PC do Paraná encontrou o endereço do jovem em Chapecó, inclusive identificando outros perfis falsos, com nomes de: Mariana Mattos, Inês Souto, Mariana Silveira e Marisa Ela.

OPERAÇÃO ANJO DA GUARDA

A investigação iniciou em Pato Branco (PR) no dia 31 de janeiro, quando uma mãe foi até a Polícia Civil, de maneira desesperada, explicando que, ao verificar as redes sociais de seu filho de 11 anos, constatou verdadeiras atrocidades, segundo o delegado Nilmar Manfrin da Silva, da 5ª Subdivisão de Polícia de Pato Branco. “Um sujeito iniciou uma conversa com perfil feminino, se passando por uma criança da mesma faixa etária da outra criança, enviando então uma imagem pornográfica de uma criança, solicitando uma imagem de volta”, disse o delegado.

Ainda, segundo Manfrin da Silva, o filho da mulher então enviou a primeira imagem ao perfil falso, sendo então coagido diariamente após a fotografia enviada. “Todos os dias ele exigia uma nova imagem ou vídeo pornográfico, inclusive que a criança cometesse atos libidinosos com o próprio corpo e também fez com que esta criança praticasse atos libidinosos com seu irmão de 4 anos, gravasse e também encaminhasse ao homem”, explicou.

Devido a gravidade do assunto, a Polícia Civil do Paraná então iniciou uma investigação e descobriu inclusive que o rapaz marcou encontro com a vítima de Pato Branco.


Outras Notícias
Alesc - Julho
Fiesc Setembro
Zagonel
Rech Mobile
Publicações Legais Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro