Close Menu

Busque por Palavra Chave

Direito em Foto | De onde vem a crise

Por: Gustavo de Miranda
23/02/2018 18:28

Essa crise de segurança pública país afora, que tomou proporções de guerra civil no Rio, é de origem educacional. É evidente. Vivemos uma profunda crise educacional, que é a cristalina constatação do que Darci Ribeiro afirmou, há quase 50 anos, que se o governo não construísse escolas, teria que construir presídios.

Hoje, a maioria do povo acha que só mão de ferro pode resolver e vai atrás daqueles que propõem soluções cada vez mais belicosas, que servem bem pra teatrinho, mas não resolvem nada. Nesse momento, essa maioria não faz ideia de onde vem o problema, pois ignora que um povo desonesto e mal educado só pode eleger seus semelhantes para cargos políticos, e foi isso que deu início à crise política, o grande câncer desse país, de onde vêm todos os nossos tumores.

Rui Barbosa disse naquele famoso discurso que o homem desanima-se de ser honesto de tanto ver triunfar a desonra, a injustiça e as nulidades. Como poderia ser diferente num país onde tem gente que acha que a escola tem que ensinar modos e a onda do momento é universitário baladeiro, matador de aula e cachaceiro? Daqui a pouco, se aparecer alguém famoso dizendo que ser velhaco é bonito, todo mundo vai negar conta.

Está na Constituição que a educação é direito de todos, dever do estado, da família e da sociedade, mas onde está o esforço coletivo? Sim, está lá, fomentando “artistas” bizarros e sem talento; divulgando doutrinas religiosas restritivas e conservadoras; diferenciando posicionamento político como o que não é destro é canhoto; querendo liberação de armas; querendo revolução; isso sem saber escrever o próprio idioma direito.

Está lá também que os objetivos da educação são o pleno desenvolvimento da pessoa, o preparo para o exercício da cidadania e a qualificação para o trabalho. Esses são os pontos onde a ausência de investimento tem as maiores consequências, e nem preciso comentar os porquês, é só procurar os indicadores de desempenho da educação.

O grande Enéas Carneiro é que estava certo: o preparo é real e extremamente necessário para qualquer cargo eletivo tanto quanto para qualquer profissão. É ali que começa o tratamento dessa doença, é no investimento maciço em todos os meios de instrução e ensino.


Rech Mobile

Fundado em 06 de Maio de 2010

EDITOR-CHEFE
Marcos Schettini

Redação Chapecó

Rua São João, 72-D, Centro

Redação Xaxim

AV. Plínio Arlindo de Nês, 1105, Sala, 202, Centro